PT conquista apoio do PRTB e aguarda adesão de outros partidos

Seguindo com os preparativos para as Eleições 2012, o PT de Ribeirão Pires conquistou o apoio de um grande aliado, o PRTB de Levy Fidelix, representado pelo coordenador do PRTB no ABC, Marcos Thomazini. Em uma reunião realizada no último sábado, a nova adesão foi oficializada, totalizando cinco legendas coligadas com o Partido dos Trabalhadores. São elas: PP, PSDC, PTC, PPL e o recém-integrado PRTB.

Lideranças de ambos os partidos comemoram união

Para o presidente do PT de Ribeirão Pires, o engenheiro Carlos Pereira de Souza (Carlão), a adesão do PRTB irá contribuir para o desenvolvimento e aplicação de um plano estratégico de governo. “O Partido Renovador Trabalhista Brasileiro é um partido forte que colabora com ideias. Queremos união no planejamento de um trabalho sério e bem discutido. Ele será um parceiro para fazermos um governo de cabeças pensantes, voltada a várias soluções para os diferentes problemas da cidade”, reconheceu Carlão.

Seguindo a mesma linha de pensamento, Marcos Thomazini descarta fusão com outros grupos políticos. “Não há possibilidade com o que há de ruim na cidade. A união será boa para o partido, para o PT e para a cidade”, afirmou. Em tom bem humorado, Thomazini rebateu críticas sobre a parceria de ambos os partidos e suas ideologias. “Não somos um partido de centro, nem esquerda. Nós somos um partido de frente”.

Sob a direção nacional da sigla, os Renovadores Trabalhistas estão alinhados com o Partido dos Trabalhadores na maioria das cidades, especialmente na região do Grande ABC. Apenas em Santo André a coligação não acontece, pois a legenda irá lançar candidato próprio.

A parceria só se tornou possível em Ribeirão Pires após intervenção da direção nacional do partido e a destituição do presidente municipal, Luiz Francia, que até então era pré-candidato majoritário, mas que pendia para fechar acordo com o grupo do governo, contrariando a orientação do PRTB de apoiar todas as candidaturas do PT no ABC. Toda a antiga executiva do PRTB na cidade foi destituída juntamente com Francia.

Agora, o partido é tem a direção municipal de Kátia Aparecida Brandão. Marcos Thomazini aposta na parceria: “Estamos muito satisfeitos com esse acordo. Essa decisão de apoiar o PT já havia sido discutida há muito tempo e não tenho duvidas de que a futura campanha da nossa pré-candidata Maria Inês será vitoriosa”.

Mario Nunes, que atua como coordenador da pré-campanha de Maria Inês, acrescentou que em breve o PT anunciaria novos parceiros do grupo. Um desses novos partidos pode ser o PSB, que atualmente ameaça deixar o grupo de Saulo Benevides (PMDB) por uma determinação da presidência nacional do partido.

Compartilhe