Protesto contra o transporte termina em confusão

Na última sexta, foi realizado um protesto em Ribeirão Pires contra o Transporte Público de Ribeirão Pires. Com saída da Rodoviária, a manifestação, agendada via Facebook, passou por toda a região central, reunindo cerca de 2 mil pessoas que passaram pelas ruas da cidade que estava com o comércio fechado desde as 15h.

Protesto foi realizado na última sexta

Durante o trajeto, foram ouvidas diversas palavras de ordem contra a gestão Saulo Benevides, a qualidade da Saúde e dos transportes, além do Festival do Chocolate e queixas diversas com temas nacionais, como a votação da PEC 37, rejeitada anteontem pela Câmara. A partir da metade do ato, alguns atos de vadalismo foram registrados, como contra os coletores de material reciclável instalados em frente ao supermercado Dia, prontamente contido pelo grupo aos gritos de “sem vandalismo”.

O grupo seguiu pelo Jardim Mirante e retornou pela parte de cima da cidade, retornando à prefeitura. Uma comissão formada pelos organizadores do movimento entregou uma pauta de revindicações que, segundo o Prefeito seria atendida nos dias subsequentes. Todavia, boa parte dos manifestantes, que estava do lado de fora, não se sentiu representada e cobrou a presença do prefeito, que estava no prédio. Os vereadores Banha e Paixão tentaram negociar a entrada de alguns representantes com os manifestantes, entretanto o primeiro foi agredido com um tapa no rosto.

O final da manifestação, quando a maior parte das pessoas já havia ido embora, foi marcado pelo tumulto. Um grupo tentou invadir o Paço, mas foi prontamente contido pela Guarda Municipal, que usou bombas de efeito moral e spray de pimenta, auxiliada pela Polícia Militar que, por sua vez usou gás lacrimogêneo e cassetetes para afastar os manifestantes. O saldo foi de um GCM e um PM feridos, o primeiro em estado grave, e uma série de lojas do Centro depredadas.

Próximo ato – Uma nova passeata está prevista para amanhã, a partir das 17h, com saída do Terminal Rodoviário. Uma pauta de reivindicações foi elaborada com vários itens que incluem redução das passagens, integração, passe livre, solução da questão do Rodoanel e melhorias na Saúde.

Compartilhe