Prefeitura tem plano B para área da antiga rodoviária

Por enquanto, o espaço da antiga rodoviária de Ribeirão Pires continuará abrigando a feira durante o Festival do Chocolate e ficará ociosa por um tempo depois. A construção de um shopping é a ideia inicial para ocupar o espaço, mas a Prefeitura tem um plano B: construir um Mercado Municipal.

Licitação para concessão do local está na Justiça

O processo de licitação para concessão do local está na Justiça. Em maio, a Soto Empreendimentos e Participações, construtora de Mairiporã e de propriedade do deputado estadual Celino Cardoso (PSDB), venceu a licitação, porém, foi julgada inabilitada pela Copel (Comissão de Pregão e Licitações) da Prefeitura, sob justificativa de não apresentar a certidão que comprova pagamento de diversas cargas tributárias. A vencedora, então, entrou com pedido de liminar, acatado pelo Judiciário, para garantir sua participação na abertura dos envelopes com as propostas comerciais, ocorrida no dia 04 daquele mês.

O imbróglio aguarda decisão da 1ª Vara do Fórum de Ribeirão Pires sobre o mérito do processo.

Dependendo do que for decidido, o Mercado Municipal é uma opção para ocupação do local. “Vamos esperar o resultado, se for favorável, será o shopping, senão, o Mercado Municipal é uma alternativa. A cidade carece de avícola, peixaria, e um mercado atrai hortifrutigranjeiro e várias outras coisas. É gostoso ter um mercado na cidade”, disse o secretário de Governo, Ricardo Nardelli, o Nonô.

Dê sua opinião – Para você, o que deveria ser feito no espaço da antiga rodoviária? Um shopping, um Mercado Municipal, ou algum outro tipo de empreendimento? Deixe seu comentário.

Compartilhe