Prefeitura estabelece calendário para cadastro de vagas em creches

A Prefeitura de Ribeirão Pires readequou um novo formato para a Central de Vagas do município. Com objetivo de otimizar o acesso às vagas nas Escolas Municipais de Educação Infantil (creches), a Secretaria de Educação, Inclusão, Cultura e Tecnologia da cidade criou o Departamento de Avaliação e Acompanhamento Social Educacional.

Inscrições na Central de Vagas terão datas definidas com objetivo de otimizar o acesso às vagas

A partir desta mudança, foi estabelecido calendário para a realização das inscrições. Os pais e responsáveis por crianças de zero a três anos interessados em vagas nas creches devem realizar inscrição de acordo com as o seguinte cronograma:

Agosto – 14/08 a 18/08; Setembro – 18/09 a 22/09; Outubro – 16/10 a 20/10; Novembro – 20/11 a 24/11; Dezembro – 11/12 a 15/12. Horários: das 9h às 12h e das 13h às 16h, no Ceforpe, localizado no Complexo Ayrton Senna (Avenida Prefeito Valdirio Prisco, 193, Centro).

Os documentos para efetuar as inscrições são: certidão de nascimento, RG e CPF dos pais e responsáveis, comprovante de endereço no nome do pai, mãe ou do responsável legal da criança com validade de até três meses anteriores (água, luz, telefone fixo ou IPTU), declaração de trabalho e declaração de renda familiar.

Com o intuito de atender a necessidades dos cadastrados em creches do município, o Departamento irá adotar alguns critérios de triagem: comprovação de residência na cidade; crianças em situação de risco social (vulnerabilidade); menor renda per capita do núcleo familiar; pais que trabalham fora do lar. A documentação será analisada e, se necessário, haverá visitas nas residências das famílias.

“O objetivo é organizar a demanda de vagas nas creches do município e também criar mecanismos para identificar e acompanhar cada caso, priorizando acessos”, explicou a secretária de Educação, Flávia Banwart, que afirmou, ainda, que a Pasta está empenhada em atender a demanda de espera. “Para 2018, está em estudo um projeto para atendimento em creches em período parcial, que dissolveria a fila de espera e poderá contribuir para o fortalecimento do convívio familiar”.

Compartilhe