População pede mais trens entre Mauá e Rio Grande

Os moradores de Ribeirão Pires e Rio Grande estão enfrentando grandes problemas com a CPTM, companhia que opera a rede de trens que serve às cidades. Quem pega o trem com a esperança de descer apenas no local esperado está passando por muitas frustrações quando a composição para em Mauá e os passageiros são obrigados a descer para aguardar o próximo trem com destino a Rio Grande da Serra.

Trem que teria como destino Rio Grande da Serra para na estação de Mauá

Mas, na maioria das vezes, este próximo trem que deveria prosseguir viagem também para em Mauá e somente no terceiro trem é que os passageiros embarcam e podem prosseguir viagem rumo a seu destino, seja ele Guapituba, Ribeirão ou Rio Grande da Serra.

Um protesto civilizado foi realizado na última semana na estação de Mauá, por meio de um cartaz onde os usuários pediam trens até Rio Grande da Serra. “Nós pagamos a passagem para ir até o nosso destino sem precisar descer do trem, agora está esta palhaçada de descer em Mauá e esperar a vontade de um trem ir até Rio Grande da Serra”, relatou uma moradora de Rio Grande da Serra que pediu para ter sua identidade preservada e faz uso do trem todos os dias entre as 17h e 19h. Durante a realização desta matéria eu mesma presenciei, durante vários dias da semana, dois trem seguidos parando na estação de Mauá, e os passageiros reclamando por terem que descer e esperar o próximo trem.

O jornal Mais Notícias entrou em contato com a CPTM e a mesma informou que para atender ao trecho de maior carregamento de usuários na Linha 10 – Turquesa, que vai da Estação Brás até Mauá, a CPTM adota uma estratégia operacional em horário de pico.

“O trecho até Mauá tem intervalo de 6 minutos, sendo que, alternadamente, um trem termina a viagem em Mauá e retorna para continuar o serviço e outro segue para Rio Grande da Serra. Essa operação acontece no período da manhã, entre 5h30 e 8h50, e, no período da tarde, entre 16h40 e 20h30. Fora do horário de pico, os trens só retornam da Estação Mauá quando há interferências na circulação como, por exemplo, a passagem de trens de cargas durante o horário”.

Compartilhe