População aprova gestão de Jorginho como secretário de Desenvolvimento do Ouro Fino

Após sete meses de gestão, a população da região do Ouro Fino Paulista têm elogiado a administração de Jorge Luís de Moraes, mais conhecido como “Jorginho da Auto Escola”.  O atual Secretário de Desenvolvimento da região recebeu elogios dos munícipes. Porém, a população ressaltou que falta mais atitude do líder do Governo para tentar resolver o problema do córrego que corta a rodovia Índio Tibiriçá.

Jorginho da Auto Escola é o atual comandante da Pasta

Segundo os munícipes quando chove o córrego transborda e deixa a população passando por dificuldades. “Ele (Jorge) é atencioso, nos recebe muito bem em seu gabinete, mas tive um problema com o córrego. Ele averiguou, começou a mexer, não terminou e disse que há um problema entre a secretaria de Meio ambiente e a Sabesp o que impossibilita obras de manutenção”, disse Américo Neves comerciante da região que, apesar da reclamação, classificou como positiva a gestão.

Já Aline, moradora da Rua Califórnia, avaliou a administração como ótima e destacou que a segurança na região foi a principal diferença entre gestão atual e a anterior. Vitória, por sua vez, residente da Rua Alzira, relatou que a manutenção das vias do bairro é feita com frequência, o que permite uma melhor circulação dos carros e evita que os automóveis quebrem.

A gestão de Jorginho, porém, não é unanimidade. Uma munícipe que mora na Rua Jordão de Moraes rechaçou a atual situação em que se encontra o bairro. “A gestão tem muito a melhorar. Na minha rua – que é de paralelepípedo – somos obrigados a andar no meio da rua em consequência do mato que invadiu a calçada”, concluiu.

 

Compartilhe