Pesquisa mostra que indecisos são soberanos em Ribeirão e Rio Grande

O jornal Diário do Grande ABC divulgou, no último domingo, os resultados da primeira pesquisa deste período eleitoral para as sete cidades e, tanto em Ribeirão Pires quanto em Rio Grande da Serra, apresentou um panorama de empate técnico, com leve vantagem para os líderes.

No panorama da Pérola da Serra, Saulo Benevides (PMDB) aparece à frente, com 12,3%.

No panorama da Pérola da Serra, Saulo Benevides (PMDB) aparece à frente, com 12,3%, Dedé da Folha (PPS) vem em segundo com 11,6%, Maria Inês (PT) vem a seguir com 9,3% e Alberto Ticianelli (PSOL) aparece com 0,1% das intenções de voto espontâneas. Já no panorama estimulado, Dedé, Saulo, Maria Inês e Ticianelli aparecem com 25%, 24,7%, 22,9% e 1,4%, respectivamente, em uma mostra que boa parte dos eleitores ainda não têm uma opinião clara sobre quem receberá seu voto em 3 de outubro.

A enquete, realizada no último dia 14 com 1.070 questionários e registrada no TSE sob o número SP-00122/2012, mostrou índices diferentes em relação aos coletados pelo Ibope em junho, na primeira pesquisa que mediu o panorama de Ribeirão Pires, o que talvez se explique pela metodologia diferente como, por exemplo, o tempo de entrevistas – três dias com 406 entrevistados no caso do renomado instituto contra um do jornal, como por exemplo no que se toca a rejeição. Dedé, por exemplo, aparece com 40% de rejeição contra 21% do levantamento anterior, quase o dobro, um crescimento que também foi notado em relação aos outros postulantes, ainda que em proporções diferentes.

Em Rio Grande da Serra, o quadro é um pouco diferente. Os líderes estão empatados tecnicamente na pesquisa estimulada, sendo que Claudinho da Geladeira (PT) aparece com 34,4%, Gabriel Maranhão (PSDB) tem 32,1%, Nilson do Mercado (PCdoB) conta com 9,8% e Luiz Internet (PSDC) conta com 2,6%. Na espontânea, aparecem afastados por sete pontos com o candidato da situação aparecendo com 22,2% contra 14% do petista, 2,1% do comunista e 0,5 do peessedecista e 49,8% de indecisos. A pesquisa foi registrada no TSE sob o número SP-00123/2012.

Compartilhe