Papéis invertidos?

O curioso protesto dos vereadores de Ribeirão Pires nesta semana na Estrada do Sapopemba levantou um questionamento: Os “homens das leis” estariam trocando suas funções com a população? Ou a ação foi uma mera demonstração de que “aqui fazemos as coisas!”?
Não é de hoje que o número de acidentes e mortes tem crescido na via em questão e, talvez a melhor opção por parte das autoridades seria a realização de um projeto que proponha redutores de velocidade ou radares na extensão da Estrada, assim como foi feito na Rodovia Índio Tibiriçá em Ouro Fino, e também uma fiscalização maior para que o Executivo tome medidas preventivas junto à Secretaria de Transporte e Trânsito e o DER (Departamento de Estradas de Rodagem) afim da diminuição do número de ocorrências.
A estrada do Sapopemba é uma das poucas vias da cidade que estão em boas condições. Porém, pergunte a um motorista como é trafegar pela rua Professor Antônio Nunes? Ou pela Avenida Francisco Monteiro sem ter que desviar de nenhum buraco? Com certeza a resposta não será positiva pró-governo.
As mortes ocorridas no último fim de semana foi um alerta vermelho de que algo precisa ser feito. Não aguentamos mais presenciar acidentes e vidas serem perdidas. E, aos senhores vereadores, não queremos protestos populistas, queremos atitudes concretas dignas dos representantes do povo. Cada qual deve se colocar em sua função Deixem que os protestos a população mesmo faz. E fará bem feito.

Compartilhe