Os “Benefícios” do Rodoanel

Por Mauro Coelho Diretor Social Construmob Morador de Ribeirão Pires

Ora, convenhamos: como seria Ribeirão Pires sem o Rodoanel? Pois não teremos alça de acesso e a contrapartida para a cidade que tirou moradores antigos de suas casas desmatou a área verde, prejudicou nossa fauna e afluentes (entre outros) é cômica se não fosse trágica.

Tenho dito isso desde quando começou esse projeto, pois além de munícipe sou um dos atingidos, bem como minha mãe, meu irmão e outros familiares, além de muitos cidadãos que viveram na região da Vila Belmiro por 40 anos, alguns até mais. Todos eles foram expulsos de suas casas, para não dizer escorraçados com o mesmo tratamento dado a bandidos, aliás, até pior, já que além de ver retirado nosso bem material maior, que é nosso lar, alguns também se viram ceifados seu ganha-pão, pois perderam seus comércios em troca de um pagamento pífio em relação ao que realmente valiam, tudo isso sob a tutela de um Governo do Estado que mostrou nesse episodio como tem tratado os cidadãos e nossa terra.

O desrespeito foi tamanho que sensibilizou até mesmo a partidos da situação, pois o senhor governador Geraldo Alckmin não se pronunciou e nem estabeleceu qualquer pessoa para representá-lo e ajudar em uma negociação mais humana das desapropriações para o projeto que está sendo colocado como “solução para o transito da grande São Paulo”.

Isso tem norteado as ações da SPMar, empreiteira responsável pelas obras, que tem deixado dezenas de famílias sem seus lares sem receber o devido valor pelas suas casas que, em sua maioria, levaram toda uma vida para conseguir. Isso sem falara na devastação do verde e outros crimes ambientais, mostrando por si só que o Rodoanel já está causando muitos ônus para a cidade.

Quero deixar claro que não sou contra o Rodoanel como forma de viabilizar de forma otimizada o transito da grande São Paulo, mas sim a forma desumana e criminosa com que estão sendo tratadas tanto as famílias como a cidade de Ribeirão Pires que tem perdido seus bens e seu verde. Gostaria seriamente que nossas autoridades, Prefeito e vereadores que se elegeram, se sensibilizassem e acionassem o Ministério Público para fazer justiça não só para minha família, mas para toda a nossa cidade.

Compartilhe