Oposição denúncia intenções da Illuminatus

Nossa reportagem foi procurada pelo vereador Saulo Benevides (PMDB) que dizia ter uma informação que precisava ser levada a público. O vereador afirma que apurou informações com respeito à antiga entidade gestora da Saúde Municipal, a Illuminatus, e constatou uma possível irregularidade prestes a ser cometida pela Prefeitura.

Segundo Benevides, a Municipalidade deve cerca de R$ 2 milhões para a entidade e está impossibilitada de fazer tal pagamento porque até agora a Illuminatus não apresentou seus relatórios de prestação de contas, necessários para a liberação da verba. Ainda segundo o parlamentar, uma negociação foi feita entre a entidade e o prefeito visando à liberação de metade da dívida mesmo sem a apresentação dos documentos.

O vereador destaca: “Temos informações que a Illuminatus está cobrando R$ 2 milhões dos cofres públicos e a meu ver a Prefeitura não tem que fazer esse pagamento porque a entidade não fez a prestação de contas dos serviços adequadamente”. Benevides garante que se o acordo for acertado, a Câmara tomará medidas cabíveis contra a Situação. “Se mesmo assim o prefeito insistir em fazer o pagamento de tal empresa, vamos fazer o pedido de abertura de uma CEI com o auxilio do Ministério Público”, projeta.

No curto período de tempo em que a Illuminatus atuou na cidade, prestou serviço sem qualidade sendo clara a falta de médicos, enfermeiros e recursos. Além disso, as reclamações aumentaram grandemente, o que obrigou o próprio prefeito rescindir o contrato.

Após apurar tais informações, o parlamentar se antecipou e preparou requerimentos para que na próxima sessão seja solicitada a prestação de contas da Illuminatus.

Compartilhe