Olaria vence Sãocaetaninho e conquista a 2ª Divisão da Liga Ribeirãopirense 2017

Sãocaetaninho e Olaria protagonizaram neste domingo (17), no estádio Municipal Valentino Redivo, um jogo digno de uma final de campeonato: estudado no primeiro tempo, disputado no segundo, com direito a expulsões dos dois lados, e decidido em um lance de bola parada. Ao final, melhor para o Olaria, que venceu por 2×1, levantou a taça da Segundona de forma invicta e fez a alegria de sua torcida.

Jogadores do Olaria comemoram o segundo gol da equipe

Mesmo com a pressão sofrida, o Sãocaetaninho soube se defender e equilibrou as ações. A primeira chegada dos “laranjas” ao ataque veio somente aos 25 minutos, quando, depois de uma tabela de dentro da grande área, Vinicius de Melo, de perna esquerda carimbou o travessão.Melhor posicionado nos primeiros minutos, “os brancos”, como é conhecido o Olaria, chegaram pela primeira vez ao ataque no início da partida: aos 3 minutos, Gustavo Mendes teve um chute de dentro da área interceptado providencialmente pela zaga do Sãocaetaninho. A pressão continuou, aos 11, mais uma vez Gustavo recebeu a bola pelo lado esquerdo do campo de ataque, chutou, e exigiu grande defesa do goleiro Sebastião.

O confrontou passou então a ser disputado no meio campo, com as zagas de cada equipe se sobressaindo contra o ataque, o que não permitiu mais nenhum lance de perigo até o final da primeira etapa: Sãocaetaninho 0x0 Olaria.

Na volta do intervalo, os candidatos a destaques do confronto apareceram na partida e desequilibraram. Aos 2 minutos Levi Marques do Sãocaetaninho arriscou uma carretilha para cima do adversário, não conseguiu êxito, o jogo prosseguiu e, fora do lance de bola, foi agredido por Alex Miranda do Olaria, que foi expulso de jogo.

A expulsão, no entanto, não foi o suficiente para acalmar os ânimos dos atletas, posteriormente, mais uma vez Levi Marques sofreu falta fora do lance de jogo, o árbitro Jonas Santos, após indecisão do que marcar, deu bola ao chão para a equipe do Olaria, para praticar o “Flair Play”, o que deixou o técnico Renato Souza do Sãocaetaninho e todo o banco de reservas dos “laranjas” indignados, pois indagavam que o lance foi dentro da grande área e pediam pênalti.

Com a bola rolando novamente, João Victor, do Olaria, chutou de fora da área sem perigo ao gol. Logo em seguida, aos 10 minutos, João fez um cruzamento na medida para André Alves, que, entre dois zagueiros, subiu mais alto e cabeceou a bola do lado direito do goleiro Sebastião, que só observou a bola balançar as redes, sem chance para defesa: 1×0 Olaria.

Com um jogador a mais e em desvantagem no placar, o Sãocaetaninho partiu para cima, aos 17 minutos Vinicius de Melo, dominou a bola no peito, girou para cima da marcação e chutou para a defesa do goleiro Anderson. Três minutos mais tarde veio o gol de empate: Felipe Enrique arriscou um chute de perna direita da intermediária do campo de ataque, a bola quicou na frente do goleiro e matou as possibilidades de defesa: Sãcaetaninho 1×1 Olaria.

Mesmo com um jogador a menos, o Olaria não abdicou do jogo e fazia uma partida de igual para igual, com possibilidades para as duas equipes. O gol de desempate, contudo, veio de bola parada: Na cobrança de falta, João Victor lançou para a grande área, a zaga do Sãocaetaninho falhou e a bola sobrou para Gustavo Mendes, que de perna esquerda, fez o gol do título do Olaria: 2×1. Clique aqui para ver o vídeo do gol.

A frente do placar, o Olaria soube controlar a pressão e ainda contou com a expulsão de Vinicius de Melo do Sãocaetaninho, em decorrência do segundo cartão amarelo aos 35 minutos da etapa complementar. Os “brancos” ainda sofreram com os oito minutos acrescido ao jogo pelo árbitro Jonas Santos, antes de comemorar o título da segunda divisão da Liga Ribeirãopirense de Futebol 2017. Final de partida: Olaria 2×1 Sãocaetaninho.

Personagens – Autor do gol do título, Gustavo Mendes, dedicou ao grupo a conquista da taça. “ Sabíamos desde o começo a dificuldade que seria o jogo. Tomamos o gol de empate por um vacilo, mas o time todo correu e, no segundo o gol, graças a equipe, a bola sobrou, puxei para esquerda e fiz”, comentou o atleta, que aproveitou a oportunidade para destacar o trabalho feito pelo treinador. “Tenho que parabenizar o Zé, uma pessoa de grupo que se dedicou e sabe trabalhar. O empenho dele fora de campo nos motiva mais e é por isso que conquistamos o título de forma invicta”, disse.   Sobre se jogará a primeira divisão com a camisa do Olaria, Gustavo despistou. “Ainda não sei, mas a vontade é de ficar”.

O lateral esquerdo João Victor, por sua vez, foi o destaque da grande final. “Uma alegria imensa, não tenho palavras para descrever, fazer o que ama e fazer bem feito. Fui feliz, dei duas assistências, apesar da dificuldade do jogo, fomos campeão dentro de campo”.

José Luiz, o Galvão, treinador do Olaria, que tem no currículo 17 títulos conquistados em Ribeirão Pires e o acesso com seis clubes para a primeira divisão, comemorou mais uma conquista. “Quando fui chamado para treinar o Olaria trouxe uma base e peças chaves que culminaram nesse grupo maravilhoso que hoje nos deu a vitória. Graças a Deus estou finalizando 2017 com mais uma conquista”, o clima dentro do vestiário também foi apontado como um diferencial, durante seu trabalho. “ Levávamos um radinho, colocávamos um som, todo mundo brincava, depois tinha a preleção, todos entendiam e levavam para dentro de campo o que era passado. Era um ambiente alegre”, comentou, emocionado.

Eduardo Webber, presidente do Olaria, também se fez presente no gramado de jogo. “ Todo o corpo diretor ajudou nessa conquista. O Pedro nosso secretário geral correu atrás das coisas, o Luiz, diretor de esportes, que realizou os trâmites de fichas e o treinador e os atletas dentro de campo ”.

Renato Souza, treinador do Sãocaetaninho, parabenizou a garra de sua equipe e comemorou o acesso. “Estávamos perdendo, conseguimos o empate e em um lance tomamos o segundo gol. Mas felizmente conseguimos o acesso depois de dois anos batendo na trave, e estaremos na 1ª Divisão em 2018”, finalizou.

O Mais Notícias parabeniza todas as equipes envolvidas do futebol Municipal durante o ano de 2017 e o incentivo e respeito à nossa equipe de trabalho. Que venha 2018 e muito futebol!

Compartilhe