Novo secretário de Ouro Fino, Jorge da Autoescola ressalta compromisso com a população

Titular da Secretaria de Administração Regional de Ouro Fino Paulista desde o começo do ano, Jorge Luís de Morais, o Jorge da Autoescola, está focado em melhorar as condições da região, uma das mais populosas de Ribeirão Pires contando com cerca de 20 mil habitantes.

Jorge da Autoescola foi vereador

Jorge da Autoescola foi vereador

Para isso, conta com o conhecimento que tem do subdistrito, onde mora há 63 anos. “Nasci na Capitão José Gallo e vim para cá com dois anos”, conta, antes de se declarar satisfeito com os primeiros dias de trabalho: “Estou muito contente. Tenho que agradecer ao prefeito Kiko Teixeira, que me deu oportunidade de fazer parte da administração, bem como os funcionários e os munícipes. Todos, no geral, estão nos ajudando bastante”.

Jorge explica que “hoje, a principal demanda é limpeza e manutenção nas ruas. E isto é nossa prioridade. Aqui em Ouro Fino, 80% são ruas de terra e, nessa época de chuvas, precisamos dar uma atenção especial. Junto com o Admir e o Mauro, meus adjuntos, estamos fazendo o possível para manter tudo em ordem”. Para isso, o secretário ressalta que a participação da população é fundamental: “Peço a população para tomar cuidado com os rios. Temos oito que passam por Ouro Fino, vamos fazer a limpeza o quanto antes, mas é necessário evitar jogar lixo”.

Para o futuro, o projeto é atender antigas demandas: “pretendo trabalhar por melhorias na Índio Tibiriçá e também nas vias de Ouro Fino como um todo. Por exemplo, temos os topos de morro. O cascalho que colocamos para facilitar a circulação acaba se perdendo com as chuvas. Vamos trabalhar para que (estes locais) recebam melhorias, como asfalto”.

Jorge da Autoescola também pensa em trazer mais opções de lazer para os munícipes da região: “assim que possível, queremos trazer projetos de cultura e lazer para a população, em parceria com o Esporte e a Cultura. Também queremos fazer projetos para o turismo, com festas e eventos, bairro, há lugares bonitos e disponíveis em Ouro Fino. Podemos até mesmo ver a possibilidade trazer algumas atrações do Festival do Chocolate, por exemplo”.

O secretário conclui ressaltando seu compromisso com Ouro Fino: “Aqui é minha casa e faço o possível para manter o quintal da minha casa em ordem. Peço aos munícipes um pouco de paciência e compreensão, pois temos verba restrita e estamos em início de trabalho. A população pode esperar de mim honestidade, seriedade, amor e carinho. É um pecado Ouro Fino estar deste jeito. Mas, no que depender da minha determinação, tudo vai melhorar. Vamos trabalhar bastante”.

Compartilhe