Novo blog alfineta políticos de Ribeirão Pires

Chico Bolo e Nascimento são uma dupla que vem dando o que falar no ambiente virtual de Ribeirão Pires. Criadores do blog “Chora Ribeirão” (www.choraribeirao.wordpress.com.br), iniciaram, na semana passada, uma série de críticas aos diferentes grupos políticos da cidade. Com bom humor, sacadas inteligentes e muita crítica, a dupla tem disparado para todos os lados, o que tem atraído fãs e alguns inimigos.

Acesse o site www.choraribeirao.wordpress.com.br e confira as pitadas de humor e política

O jornal Mais Notícias conversou com Chico Bolo (apelido usado pelo proprietário do blog que quer ter sua identidade preservada). Confira a entrevista e conheça um pouco mais da dupla que tem deixado muito político de cabelo em pé:

Mais Notícias – Chico Bolo, o blog mal começou e já parece ser um sucesso. Vocês falaram de todo mundo, mas afinal, vocês tem alguma preferência política?

Chico Bolo – Eu tenho uma preferência, o Nascimento tem outra, ele é um pouco mais nacionalista.

Mais Notícias – As pessoas que estão acostumadas a discutir política municipal na internet estão curiosas para saber quem são vocês. Mesmo com identidade preservada, você pode nos dar alguma dica?

Chico Bolo – Eu sou secretário, o Nascimento é funcionário público de uma cidade do ABC, não me leve a mal, mas vamos manter a discrição. Somos amigos há alguns anos e ambos com mais de duas décadas de idade.

Mais Notícias – E de onde veio a ideia de criar o blog?

Chico Bolo – A ideia de criar o blog foi para dar voz aos nossos pensamentos e, de certa forma, indignações políticas. Nos preocupamos com a Administração Pública. Eu tive a ideia quinta-feira passada, comentei com o Nascimento e ele achou interessante. Sei que o Nascimento escreve muito bem, e tem um conhecimento político impar. Na sexta-feira lancei a matéria do Volpi e posteriormente ele me enviou a primeira matéria dele, uma brincadeira com o nome da cidade, Dedéquistão.

Mais Notícias – Chora Ribeirão, existe uma explicação para esse nome?

Chico Bolo – O nome Chora Ribeirão assemelha-se a uma reclamação (reclama, fala aí ou qualquer coisa assim). Na verdade essa é uma pergunta que nem mesmo nós sabemos a origem. Simplesmente nos ocorreu.

Mais Notícias – E seus apelidos?

Chico Bolo – Meu codinome veio de a necessidade de um pseudônimo, onde eu adotaria um semelhante ao usado pelo Chico Buarque, na época da Ditadura, mas decidi homenagear o próprio cantor ao usar o Chico, e o Bolo foi por achar sem nexo e que ficaria cômico, mas um nome difícil de se esquecer. O do Nascimento foi escolhido quase de forma aleatória, quando perguntei qual seria seu apelido, ele sugeriu esse, pois estava passando um trecho do filme Tropa de Elite no mesmo instante.

Mais Notícias – Agora, onde vocês querem chegar?

Chico Bolo – Queremos nos expressar. E agradeceremos quem por ventura nos ler. Nosso principal objetivo é dar voz aos nossos pensamentos. A política municipal acompanha o pensamento da sociedade de angariar poder e notoriedade. A nosso ver, isso é errado. Seguimos um pensamento de Max Weber que diz que as pessoas públicas não devem estar no governo por carisma e sim por meritocracia. Acreditamos que com nossas opiniões o eleitor de Ribeirão Pires pode ter um ponto de vista a mais para ter como base qual será o candidato mais preparado (ou menos despreparado).

Mais Notícias – E como lidar com os críticos?

Chico Bolo – Críticas são naturais. Não somos os donos da razão e, portanto, devemos ler o outro lado da história. Quando nos criticam é sinal de que estão se importando, e quando se importam nós imaginamos que temos fundamento em que dizemos. Falem bem ou falem mal, mas falem de nós. É claro que não queremos prejudicar ninguém.

Mais Notícias – Vocês temem alguma represália ou ataques vindos de fanáticos políticos?

Chico Bolo – Tudo o que sabemos por enquanto são de pessoas próximas aos políticos que citamos, de algum ”tome cuidado” ou outro. Outro pensamento ”Weberiano” é que as pessoas se importam mais com os cargos que elas têm (ou possam vir a ter) do que se importariam com seus ideias. Tomamos boa parte das críticas como sendo de pessoas que querem um espaço no governo. Mas são pontos de vista e respeitamos isso.

Mais Notícias – Alguma mensagem para os políticos de plantão?

Chico Bolo – Queremos dizer ao Saulo, a Maria Inês e ao Dedé que filtrem nossas críticas da forma que possa ser mais proveitosa para o desenvolvimento da política para o Município. Se estamos criticando é porque nos importamos com as condutas que possam vir a ser tomadas pelos nossos futuros governantes. Esperamos que seja esse o ponto de vista de quem nos lê e também dos que estão se disponibilizando a direcionar nossa cidade nos próximos quatro anos.

Compartilhe