Nova pesquisa eleva moral da oposição

Os resultados da mais nova pesquisa pré-eleitoral, desta vez realizada a pedido dos vereadores de Ribeirão Pires, apontam, mais uma vez, parecer favorável para os pré-candidatos de oposição. Foram apresentados três cenários diferentes para os 437 entrevistados de nove bairros da cidade. Em cada um deles, a oposição é melhor do que o time do governo. Veja caso a caso:

Cenário 1 – Onde os nomes de Nonô Nardelli (PR), Rosi de Marco (PR), Dedé da Folha (PPS) e Cézar de Carvalho (PSDB) enfrentam os opositores Maria Inês (PT) e Saulo Benevides (futuro PMDB), o resultado parcial fica em: Maria Inês com 24% das intenções de votos, Saulo com 20% seguido de Dedé com 10%. Cézar de Carvalho vem em seguida com 3%. Nonô e Rosi empatam em último lugar com 2% cada. “Não sabem” ou “não responderam” totalizam 39%.

Cenário 2 – Os candidatos de governo são substituídos pelos vereadores Gerson Constantino (PV) e Edson Savietto, o Banha (PDT). Assim o resultado muda para: Maria Inês sobe para 25%, Saulo cresce para 22% seguido de Banha com 9% e de Gerson com 6%. Abstenções atingem 38%.

Cenário 3 – Trocando o Banha pelo César de Carvalho, Constantino se beneficia: Maria Inês cresce para 27%. Saulo Benevides também melhora, pontuando 23%. Gerson vem em seguida com 7% e Cézar com 5%. O nível de abstenções permanece o mesmo.

Maria Inês, do PT, continua liderando as intenções de voto

Na “Espontânea”, onde o entrevistado sugere algum nome, os resultados são favoráveis ao governo. O prefeito Clóvis Volpi (PV) aparece em 1º lugar com 9% das intenções seguido de Maria Inês, Saulo, Valdirio Prisco (PMDB) e Dedé, sendo 7%, 5%, 3% e 2% respectivamente. Nesse caso, o nível de abstenções atinge quase 70%, o que mostra que a população ainda está em dúvida quanto a escolher um nome. A Rejeição espontânea  também classifica o refeito como primeiro da lista, com 25%, seguido por Maria Inês com 15%. Nesse caso, Saulo se beneficia, uma vez que tem apenas 1% de rejeição.

Falando em rejeição, a pesquisa ainda mostrou um dado preocupante. Apensar de ficar em 1º lugar em todos os cenários, o nível de rejeição de Maria Inês é alto (atinge 30%). Dedé é o segundo mais rejeitado com 9%. Saulo emplaca com 4% apenas.

O presidente da Câmara, Gerson Constantino, apesar de não ter alcançado uma forte expressão, se mostrou contente com a pesquisa. “Apesar dos números, fiquei muito feliz com os resultados”, comentou. Já o líder da oposição, Saulo, avalia que os números representam o desejo da população por mudança. “A pesquisa mostra que a cidade quer uma verdadeira mudança na Administração e que, seguindo os princípios democráticos, a oposição tem se mostrado a vontade do povo”, destaca Benevides.

A pesquisa também avaliou os pontos positivos e negativos do atual governo, assim como o desempenho de cada vereador. Confira em nosso site os demais dados da pesquisa.

Compartilhe