Munícipe manda carta e é ouvido pelo ministro Joaquim Barbosa

O munícipe Paulo Teixeira, morador do bairro Jardim Rancho Alegre se cansou das péssimas condições de sua rua e foi em busca de soluções. Segundo o ribeirãopirense para solucionar os problemas como a falta de asfalto e água procurou a Prefeitura, mas não obteve resposta.

Para ser ouvido, Paulo tentou diversos meios: “sem o retorno da Prefeitura, tentei outras autoridades de Ribeirão Pires, e mais uma vez não fui atendido. Não podia desistir, então enviei cartas para as mídias, Prefeito, Ministério da Justiça e para a Presidente Dilma Rousseff. Para conseguir algo, muitas vezes precisamos fazer barulho. E foi o meu caso, eu não podia deixar para lá tinha que reagir e lutar por condições melhores”.

Após inúmeras tentativas, finalmente a resposta chegou, “meu sentimento é de alivio, há mais ou menos 40 dias minha rua ganhou um novo asfalto, o resultado é que finalmente o caminhão pipa pode entrar sem problemas e fornecer a água de que precisamos. Com meu empenho, percebi que é possível ser ouvido. Digo isso porque o atual Presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa me enviou uma carta, dizendo que iria encaminhar minhas reclamações para a ouvidoria de Ribeirão Pires”.

Como conclusão, o munícipe revela preocupação com as autoridades “depois de tudo isso, posso dizer que falta maior comprometimento das autoridades, já que deveria ser mais fácil solucionar os problemas. Falta estabelecer um melhor dialogo”.

Compartilhe