Moradores do Barro Branco pedem mudança em linha de ônibus

Na última terça, moradores da Vila Itapevi, no Barro Branco, procuraram a reportagem do Jornal Mais Notícias para reclamar de um velho problema no bairro: o trajeto do ônibus que serve à região.

Segundo o líder comunitário Dirceu Carlos Minuccio, em petição protocolada na última quinta-feira na Secretaria de Transporte e Trânsito, os munícipes pedem que a linha Barro Branco, da Rigras, tenha seu percurso alterado para que também atenda as ruas Capivari, Engenheiro Lorenzetti, das Camélias, Arari e Lisboa. Desta feita, ela serviria também à Creche-Escola Cícera Benevides dos Santos, que fica na última rua citada, facilitando às mães e pais levarem e buscarem seus filhos.

Em 2004, o prefeito Clóvis Volpi, assinou um termo se comprometendo a verificar a possibilidade de alterar o itinerário

“Este requerimento ampara-se na necessidade de locomoção de aproximadamente 400 pessoas idosas que necessitam deste transporte para suas necessidades mais básicas (…), 2200 pessoas todos os dias que precisam ir e voltar de seus empregos e 400 jovens que necessitam de transporte para estudar e lazer”, explica Dirceu, em outro documento por ele assinado e protocolado na empresa transportadora em 25/04 e no trânsito em 11/04 deste ano.

Este foi apenas um capítulo da luta que já tem quase uma década e passa por um episódio inusitado. No dia 29/05/2004, em plena campanha eleitoral, o atual prefeito, Clóvis Volpi, assinou um termo se comprometendo a verificar, junto a empresa responsável pela linha, a possibilidade de alterar o itinerário e atender justamente a esta solicitação que até hoje não foi realizada.

A Prefeitura respondeu que “a Secretaria de Transporte e Trânsito recebeu a solicitação, encaminhou para a Empresa Rigras, responsável pelo transporte de ônibus municipal, e aguarda parecer sobre avaliação em mudança do itinerário”.

Compartilhe