Mari Evangelista e Sônia Garcia pedem Delegacia da Mulher a deputada

Velha luta da cidade, a instalação da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) ganhou um grande reforço esta semana, com a entrega, no último dia 8, de um abaixo assinado com mais de duas mil assinaturas à Deputada Estadual Vanessa Damo (PMDB) para dar um desfecho positivo a uma luta que data de 1994.

Mari Evangelista e Sônia Garcia pedem Delegacia da Mulher a deputada

Naquele ano, a advogada e ex-vereadora Sônia Garcia conseguiu junto ao então governador do estado de São Paulo, Luís Antônio Fleury Filho, a sanção de um decreto solicitando sua instalação na cidade, o que não ocorreu nos anos seguintes, sob a alegação de que a cidade não teria demanda o suficiente para tal. “Seguindo o discurso de que a Delegacia da Mulher é de competência do Poder Estadual, desde 1994 ela já se encontra na lei através de decreto do Governador, então ainda não está em funcionamento em Ribeirão por falta de vontade política da Prefeitura e do próprio Governo do Estado”, afirmou Sonia Garcia.

“Considero vergonhoso que a mulher vitimada, machucada física e mentalmente tenha que se deslocar a Mauá se quiser ser atendida porque alguns governantes não consideram importante ter em nosso município mecanismos de defesa para essas mulheres”, afirmou Mari Evangelista, que entregou o abaixo-assinado para a deputada junto a Sonia Garcia, antes de concluir: “tenho certeza que a Delegacia da Mulher em Ribeirão, aliada à uma rede de proteção social que pode e deve ser criada, coibiria muitos abusos cometidos”.

Compartilhe