Lércio Benko garante: “a condição de Estancia Turística de Ribeirão Pires será mantida”

Laércio Benko, secretário de Turismo do estado de São Paulo, esteve em Ribeirão Pires para apreciar e conhecer detalhadamente os dois projetos turísticos da cidade enviados à Secretaria de Turismo do Estado para captação de recursos. Tratá-se do Boulevard Gastrônomico, que contemplará o centro da cidade, e do Parque Oriental, projeto de reforma do atual parque Milton Marinho (camping). Benko afirmou durante a conferência que “pela beleza de Ribeirão Pires, pela proximidade que a cidade está da capital paulista e pelo prefeito que tem, tenho a tranquilidade em dizer que a condição de Estância Turística de Ribeirão Pires será mantida”.

Benko é secretário de Turismo do estado de São Paulo

A reunião, realizada na sede da ACIARP (Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Ribeirão Pires), mostrou as novidades do futuro Parque Oriental, que contará com um portal de entrada, pavilhão de convenções e um passeio náutico, que levará o Munícipe até a torre de Miroku. Outra boa nova do turismo Municipal será a inclusão do “City Tour”, um ônibus que levará os turistas para os principais pontos turísticos da cidade, incluindo os mirantes Santo Antônio e São José.

Benko confirmou que Ribeirão Pires conseguiu recuperar R$ 4 milhões referentes aos repasses do DADE em 2014. Agora, a prefeitura trabalha para a mudança do Objeto do convenio firmado naquele ano (teleférico) para o Parque Oriental, e conseguir a liberação da verba e realizar a obra. O secretário também informou que até o mês de setembro o governador do estado Geraldo Alckmin (PSDB), deve assinar o convênio com o município para a realização do Boulevard Gastronômico que, em sua primeira fase, custará R$2,8 milhões, dinheiro que virá do DADETUR (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turístico).

O secretário de Turismo do Estado disse que o governo de São Paulo ajudará na reconstrução turística do Município.  “Nós já estamos parcelando o débito da prefeitura para não onerar os cofres da cidade, isso por conta do investimento que foi feito equivocadamente em 2014. Desse modo vamos conseguir recuperar outros recursos que estavam bloqueados e assim ajudar a cidade”.  Mas advertiu: “Ribeirão Pires é uma das cinco cidades que detêm o título de Estância Turística que mais nos deu trabalho nos últimos quatro anos”.

Compartilhe