Kiko consegue recursos para ampliação de Centro Esportivo em Ouro Fino

O prefeito de Ribeirão Pires, Kiko Teixeira, assinou contrato com a Caixa Econômica Federal que garante ao município repasse de mais de R$ 250 mil. O recurso, proveniente de emenda parlamentar do deputado federal Vicente Paulo da Silva, o Vicentinho, será destinado à ampliação e reforma do CTT (Centro Técnico de Treinamento) localizado em Ouro Fino. O chefe do Executivo foi recebido pela gerente regional de Governo da Caixa, Lenina Torres e pelo gerente geral da Agência em Ribeirão, José Roberto Toschi Júnior, no escritório da instituição em Santo André.

Prefeito assinou contrato no escritório da Caixa em Santo André

O projeto de ampliação contempla instalação de sala multiuso e sanitários novos. Ao todo, o CTT deve ganhar 167 m². Nas áreas já existentes, o equipamento esportivo receberá pintura, manutenção dos vestiários e reparos diversos. Atualmente, as modalidades esportivas oferecidas no espaço são futebol, futsal e ginástica rítmica.

“Estamos empenhados em viabilizar projetos considerados essenciais para o desenvolvimento do município em diversas áreas, como saúde, infraestrutura, turismo e esporte. Para isso, buscamos recursos junto ao Estado e ao Governo Federal. Trabalhamos para colocar a casa em ordem, tratando com seriedade e zelo os recursos públicos para colocar o município novamente nos trilhos”, declarou o prefeito Kiko.

A escolha do CTT Ouro Fino faz parte de processo de descentralização voltado a atender todos os moradores da cidade. “Diariamente, nos esforçamos para que projetos que beneficiem todas as áreas, como esporte, lazer e cultura saiam do papel e cheguem até a população, principalmente nos locais mais afastados da região central”, declarou o secretário de Obras, Taka Yamauchi.

Saúde também ganha

A Prefeitura também receberá R$ 270 mil para reformar as UBSs do Centro e do Jardim Caçula. O recurso, proveniente de emendas do deputado federal Walter Ihoshi, será aplicado em melhorias como pinturas, além de adaptações para o acolhimento e atendimento de pessoas com deficiência física ou mobilidade reduzida.

Compartilhe