Kiko assina convênio para universalizar saneamento básico de Rio Grande

O Prefeito de Rio Grande da Serra, Adler Kiko Teixeira (PSDB), acompanhado do Secretário Municipal de Obras, Gabriel Maranhão, esteve na última sexta-feira, dia 16, no Palácio dos Bandeirantes para, juntamente ao Governador Geraldo Alckmin, assinar a renovação do convênio para concessão do serviço de água e esgoto com a Sabesp, onde estão previstos investimentos de R$ 67 milhões pelos próximos 30 anos, prazo para expirar o contrato. Neste ínterim, o novo acordo prevê a universalização do abastecimento de água no município até 2018 e da coleta de esgoto até 2020.

Prefeito Kiko espera universalização no abastecimento do município até 2018

Trata-se de um convênio de cooperação pelo qual o Estado de São Paulo e o Município de Rio Grande da Serra concordam em implementar ações de forma conjunta com vistas ao oferecimento universal e adequado dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário. Entre as obras programadas para a cidade estão melhorias no sistema de abastecimento, para garantir o atendimento ao crescimento populacional, e expansão dos sistemas de coleta e tratamento de esgotos.

A meta é que o índice atual de coleta e tratamento de esgoto no município, por volta de 41%, chegue à marca de 90% num prazo de oito anos. Já em relação à água encanada, o quadro é mais favorável. Aproximadamente 93% dos domicílios já recebem o recurso natural encanado e tratado e, segundo Kiko, é preciso priorizar a coleta de esgoto.  “Em relação à água estamos em um bom patamar, mas nossa situação quanto ao esgoto precisa melhorar, tendo em vista que a coleta existe apenas em algumas casas”, afirmou o Prefeito. Com a execução das obras, após ser coletado o material será bombeado até a Estação de Tratamento de Esgotos ABC, em São Caetano.

Quanto ao sistema de esgotamento, a Sabesp está colocando em operação todas as redes de coleta dos bairros Vila Niwa, Vila Tsuzuki, Vila Conde, Jardim Esperança e Jardim Novo Horizonte. Também estão programadas, a partir de 2012, obras para expansão do sistema de coleta e tratamento nos bairros Vila Lopes, Vila São João, Vila Marcos, Recanto Alpino, Monte Alegre, Oásis Paulista, Parque América, Jardim Encantado, Sítio Maria Joana, Jardim Guiomar, Vila Santo Antonio, Califórnia Paulista e Parque Pouso Alegre.

Com a assinatura do convênio, um montante de R$ 5,7 milhões de recursos do Estado será utilizado em obras de drenagem e saneamento ambiental. Outra contrapartida será a concessão do terreno na Av. Jean Lieutaud, próximo ao Parque dos Ipês, no bairro Santa Tereza. A idéia do prefeito é aproveitar esse espaço para ampliação do parque, com a inclusão de pistas de caminhada e nova iluminação. “Pretendemos transformar o espaço, que é até então é de propriedade da Sabesp, na continuidade do Parque dos Ipês, não seria um gasto muito alto, até porque o mais caro já temos, que é o terreno”, concluiu Kiko.

Compartilhe