Hercules Giarola entrega cargo e não é mais líder de governo

Hercules Giarola

Vereador alegou falta de tempo para se dedicar à função

Em reunião realizada na manhã de ontem, o vereador Hércules Giarola (PROS) anunciou ao prefeito Saulo Benevides (PMDB) que não será mais o líder de governo na Câmara dos Vereadores, posição que ocupava desde março do ano passado alegando falta de tempo hábil para exercer a função, por conta da sua pré-candidatura a Deputado Estadual.

Em contato com a reportagem do Jornal Mais Notícias, o vereador confirmou que tomou a decisão “para que o prefeito tenha mais liberdade de trabalho e possa ver o que é melhor para a cidade”, ressaltando que não houve “nenhuma relação” com o incidente recente envolvendo ele e o vereador Renato Foresto (PT).

Além disso, há a questão do seu projeto político para o futuro: “vou montar minha campanha para deputado e ficaria difícil conciliar a liderança com a campanha, não teria como defender o governo como antes”, explicou. Seu partido, o PROS, conseguiu anteontem uma liminar no TSE e tem direito a receber sua parte no fundo partidário e, portanto, lançar candidatos ao pleito do ano que vem.

Questionado se ficaria na posição caso fosse convidado por Saulo, ele afirmou: “fui eleito pela cidade e se for para o bem da cidade, é claro que vou ficar. Mas coloquei o cargo à disposição para que ele possa ficar à vontade e possa achar alguém com mais tempo para fazê-lo”. Hércules Giarola concluiu ressaltando que isso não significa que irá passar para a oposição: “vou continuar com o governo, apoiando o Saulo, mas tenho que pensar no meu futuro político e na minha profissão no hospital”. Contatado pelo Mais Notícias, o prefeito Saulo Benevides afirmou que ainda está estudando nomes para a substituição de Hércules Giarola e que uma decisão será tomada nas próximas semanas.

Compartilhe