Gê do Aliança e Eduardo Nogueira trocam o PV pelo Solidariedade

Ontem, de forma surpreendente, os vereadores, Gê do Aliança e Eduardo Nogueira oficializaram suas mudanças de partido, migrando do PV para o recém-fundado Solidariedade (SDD). Ambos foram à sede do partido, em São Paulo, para sacramentar a mudança.

Vereadores mudaram de partido ontem

Para a mudança de legenda, ambos alegaram a instabilidade que o PV de Ribeirão Pires vive, com uma briga pelo comando. De janeiro para cá, quando José Valentim Seraphim deixou a presidência, o partido esteve sob comando de Cláudio Deberaldine, mas recentemente Koiti Takaki (hoje no PSB) e Rosi de Marco (PV) estavam entre os nomes indicados para assumir o comando, algo que ainda não foi decidido pela executiva da legenda.

“Fizemos varias reuniões para decidir quem iria ser o nosso presidente e acabamos não decidindo. Por causa desta situação, tomamos essa decisão. Hoje eu não sei quem é o presidente do PV, então decidi ontem sair do partido e estou entrando para o SDD”, disse Gê do Aliança.

Eduardo Nogueira endossou as palavras do colega: “Deixei o partido com dor no coração, porém a minha meta é o crescimento da cidade. Recebi o convite que veio a partir do Vereador Gabriel (Eid Roncon, do PR, filho de Gildo Roncon, presidente municipal da legenda) e aceitei. O meu novo partido vai me dar total apoio para fazer a nossa cidade crescer, além de ter grandes deputados que podem nos ajudar com emendas para Ribeirão Pires”, finalizou o vereador. Vale ressaltar que uma nova legenda é motivo aceitável pela Justiça Eleitoral para mudança de partido, portanto eles não ficam sujeitos à perda do mandato.

Compartilhe