Garrafa pet vira camiseta em processo industrial

Reciclar faz parte do pensamento de todo brasileiro que se preocupa com o futuro do planeta. As garrafas descartáveis são uma alternativa de matéria prima para a confecção de muitos produtos, o mais incrível deles é a camiseta. Usada até no uniforme de jogadores de futebol, essa moda verde tende a ganhar cada vez mais adeptos.

Projeto da Nike de produção de uniformes com pet foi lançado em 2010

Os rótulos e tampas das garrafas pet usadas são retirados, elas são higienizadas e separadas por cores. O pet é moído e se transforma em flakes(pequenos pedaços de garrafa). Depois é feita a fusão à uma temperatura de 300°C e uma filtragem para retirar impurezas, deste processo saem os chips(grânulos milimétricos). Novamente este processo é feito e o material derretido entra em uma máquina e sai em filamentos. A fibra produzida é cerca de 20% mais fina que a do algodão e é transformada em poliéster. Neste momento, o algodão é misturado ao poliéster (feito de pet) e assim a malha fica pronta para confeccionar a camiseta.

Para a confecção de cada camiseta, duas garrafas pet são retiradas do meio ambiente. Estas garrafas, se não fossem recicladas, demorariam 450 anos para se decompor. Uma das empresas que trabalha com o produto é a “Camiseta feita de pet”, que produz 15.000 unidades de camiseta por mês. Silvia do Prado, diretora de MKT da empresa, conta que o produto é muito bem aceito pelos compradores. “A principio elas ficam curiosas e espantadas, mas temos 100% de satisfação de nossos clientes, eles acabam se identificando com a nossa proposta e ajudam a divulgar a marca”, conta.

Silvia também conta que ainda existe uma parcela da população que tem preconceito enraizado por acharem que o produto veio do lixo e pode ter contaminação, porque não tem a informação de todo o processo industrial que uma garrafa é submetida para se transformar em tecido. “Essa questão de usar um produto reciclado é cultural e acreditamos que pouco a pouco vai fazer parte do dia a dia das pessoas porque existe um clamor mundialmente por preservação e consumo consciente”, explica.

Outra empresa que investe nas roupas feitas de pet é a Nike. São necessárias 13 garrafas PET para produzir um uniforme completo, equipes importantes como a do Brasil, Inglaterra ou Holanda usam a roupa e entre os times nacionais, Coritiba, Internacional, Bahia, Santos e Corinthians.

A Nike lançou o projeto (de produzir seus uniformes de maneira sustentável) em 2010 e desde então, a  marca já usou mais de 115 milhões de garrafas plásticas recicladas. Na internet, a Nike Better World, publicou um vídeo que mostra o processo de fabricação dos uniformes. O atacante holandês Klaas-Jan Huntelaar é quem mostra o resultado final do processo usando o uniforme da Holanda no filme.

Compartilhe