Fundo Social de Solidariedade forma 180 profissionais e anuncia novos cursos para o 2º semestre

Ribeirão Pires certificou na última terça-feira (4) ao todo 180 profissionais dos cursos de corte e costura, padaria artesanal, informática e assistente de cabelereiro. Os alunos receberam a certidão depois de três meses de aula. A formação oferecida pela Prefeitura tem o apoio do Centro Paula Souza e do Fundo Social de Solidariedade. Na oportunidade, a presidente do Fundo, Flávia Dotto, anunciou que os cursos de jardinagem, horta educativa, pedreiro, garçom e manicure farão parte da grade de aulas para o segundo semestre.

45 alunas do curso de corte e costura desfilaram com os vestidos feito em aulas

Miriam Santos foi uma das alunas formadas no curso de corte e costura que desfilou com o vestido feito em aula. “É muito emocionante nós desfilarmos com o trabalho realizado durante o curso e isso mostra que somos capazes de fazer tudo aquilo que estamos determinados, independente das dificuldades”, comentou.

Flávia Dotto, presidente do Fundo disse que estar formando a primeira turma à frente da Pasta é uma satisfação muito grande. “Fico muito feliz porque fizemos um belo trabalho no qual o reflexo está na felicidade das pessoas”, disse. Flávia ainda aproveitou para anunciar que no segundo semestre alguns cursos terão workshops fora da sede do Fundo Social de Solidariedade.

O evento realizado no Hotel Pilar contou com a presença de aproximadamente 500 pessoas entre alunos, autoridades e convidados.

 

Compartilhe