Fogo em lixo traz perigo e prejuízo a lojista

O jornal Mais Notícias recebeu, no começo desta semana, denúncia de lojista sobre fogo que é ateado constantemente em lixo. A redação foi até o local e, de fato, encontrou sinais de incêndio.

Sinais de incêndio são vistos na parede

O local fica na Rua do Comércio, centro da cidade de Ribeirão Pires, “procurei a imprensa com a esperança de solucionar a situação. O problema acontece a mais de um ano, minha loja fica ao lado do ponto onde é depositado todo o lixo do comércio. E durante a madrugada, vândalos ateiam fogo no local, esse que espalha facilmente”, explica proprietária da loja Modas Chere-Ma-Selle, Mal Sooh Choi Lee.

Segundo a lojista, dia 16 de janeiro foi feito uma denúncia a Prefeitura, “a única coisa que eu quero é uma solução e, segundo o assessor de Saulo Benevides, isso será resolvido o quanto antes, mas infelizmente ainda estou no aguardo”.

A explicação de Mal Sooh Choi Lee sobre os prejuízos, é que cada vez que os bombeiros têm que apagar o fogo a água acaba invadindo a loja e molhando as mercadorias.

Outro ponto é a forma que o lixo é descartado, “havia três containeres onde o lixo era colocado, mas todos foram queimados. A coleta também é demorada isso deixa o Centro feio, fora o cheiro insuportável e bichos”.

Vale ressaltar que incendiar o lixo também gera prejuízos ao meio ambiente, com a queima o gás carbônico é produzido em excesso, trazendo problemas respiratórios e má qualidade do ar.

Compartilhe