Falta de material prejudica alunas do CTT

Cerca de 200 alunos estão sendo prejudicados no CTT (Centro Técnico de Treinamento) de Ouro Fino, por falta de estrutura e principalmente por falta de materiais. Utensílios básicos de higiene como papel higiênico, sabonete e até água nos bebedouros estão em falta.

Essa semana recebemos a ligação de uma frequentadora das aulas de aeróbica que está indignada com a situação em que encontra o equipamento. “Nós alunas tivemos que fazer uma “vaquinha” para comprar um bebedouro porque nem isso tinha, além disso os matérias estão velhos e não há condições de usá-los. Nesses dias de calor não tem sequer um ventilador, isso é um absurdo”.

A última aquisição feita para o CTT foi em 2012 quando recebeu um investimento feito pela Prefeitura Municipal da Estância Turística de Ribeirão Pires, por meio da então SEJEL (Secretaria da Juventude, Esporte, Lazer, Cultura e Turismo, atual SECTUR), com a instalação de um placar eletrônico. Questionamos a prefeitura sobre o ocorrido e eles informaram que “a Secretaria de Esportes, Cultura, Lazer e Turismo (SECTUR) verificará a situação e tomará as providências necessárias”.

Compartilhe