Estátua equestre muda de local

A escultura do cavalo de ferro do artista plástico Lúcio Bittencourt, que estava localizado na Avenida Capitão José Galo, foi removida pela prefeitura e está à frente das escadarias da capela de Nossa Senhora do Pilar. A retirada, que aconteceu na última sexta-feira 26, foi justificada por Gabriel Eid Roncon, prefeito em exercício na época, como atendimento à solicitação dos cavaleiros de Ribeirão Pires. “Esse foi um pedido dos cavaleiros da cidade inclusive os que fazem a cavalgada da festa do Pilar.”

Escultura atualmente se encontra em frente as escadaria da igreja

Idealizado na gestão do ex-prefeito Clóvis Volpi (2004-2012), o cavalo faz parte do acervo do museu a céu aberto. Além da obra, outras esculturas também compõem o paisagismo da cidade, como na avenida Prefeito Valdírio Prisco e na Vila do Doce.

A remoção do cavalo foi a primeira mudança no acervo do museu a céu aberto na cidade. Em outubro do ano passado, o prefeito Kiko Teixeira enviou à Câmara o projeto de lei 056 de 03/10/17 em caráter de urgência, que visava a criação de uma política municipal de descarte dos bens do Museu Aberto. O projeto foi aprovado pelos vereadores, porém, com uma emenda, que determinava a averiguação e aprovação dos parlamentares antes do descarte.

 

 

Compartilhe