Estão querendo se esconder?

Por Gazeta

Muitos munícipes e também nós da imprensa estamos frustrados com a retirada da câmera que filmava e transmitia ao vivo, via Internet, as sessões do legislativo ribeirãopirense, que atraíam boa quantidade de munícipes que, a despeito dos atrasos nas sessões, deixavam seus computadores ligados para acompanhar o andamento dos trabalhos.

Sob alegação da reforma e ampliação do prédio para abrigar o maior número de vereadores, a câmera foi retirada e as transmissões suspensas. Indagado sob o motivo, o presidente Edson Savietto, o Banha, alegou aperto no orçamento. Uma autoridade no assunto consultada pelo Mais Notícias, no entanto, afirmou ser possível instalar duas câmeras mais uma botoeira, equipamento necessário para selecionar as imagens que iriam ao ar, por um valor entre três e cinco mil reais, quantia irrisória comparada ao benefício de voltar a levar a todos os internautas interessados a transmissão ao vivo dos trabalhos da Casa Legislativa.

Pode ser, entretanto, que o problema não seja custo, mas sim desinteresse de parte dos integrantes da Casa em aparecer ao vivo fazendo gracinhas, atendendo ao celular ou simplesmente ausentando-se da mesa durante os trabalhos. O cidadão tem direito de acompanhar as atividades dos vereadores e acreditamos que o investimento de cinco mil reais para reestabelecer este importante canal de comunicação com o cidadão. Será um dinheiro muito bem gasto. Dinheiro nosso, do contribuinte, convém lembrar.

Compartilhe