Empresas de Ribeirão Pires recebem auxilio para emissão do cartão do SUS

Empresas de Ribeirão Pires estão recebendo auxílio para agilizar o cadastramento e emissão do cartão nacional do Sistema Único de Saúde (SUS) dos funcionários que contam com plano de saúde. Por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda da cidade, a Prefeitura está cadastrando funcionários e dependentes que recebem o benefício.

O cartão é fundamental para atendimentos na rede pública e particular

O cartão do SUS passou a ser documento obrigatório para as pessoas que recebem atendimento pelo setor privado e na rede pública. “Estamos disponibilizando para as empresas da cidade apoio e orientação sobre o cartão do SUS, para facilitar a emissão do documento dos funcionários”, explicou o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda, Marcelo Dantas Fonseca.

Entre as empresas que já enviaram as informações de sua equipe para o cadastro do cartão está o grupo Kinner, que solicitou o cadastramento de 190 funcionários e dependentes. “Solicitamos auxilio da Prefeitura para que os profissionais que contam com plano de saúde não percam tempo se deslocando a um dos postos de cadastro do Cartão. Apenas enviamos as informações e a Prefeitura deu andamento ao cadastro e emissão do documento”, afirmou a Supervisora de Administração de Pessoa da Kinner, Lucimara Pelison.

Empresários interessados em agilizar a emissão do documento de funcionários podem obter mais informações pelo telefone 4828-9154 ou pelo e-mail emprego@ribeiraopires.sp.gov.br.

Moradores podem emitir Cartão do SUS em unidades da rede

O serviço de emissão do Cartão do SUS está disponível de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h, na Unidade Básica de Saúde do Centro, localizada à rua Dr. Virgilio Gola, 24, ou nas unidades de saúde de Ouro Fino e Santa Luzia, das 8h às 16h.

O PAT – Posto de Atendimento ao Trabalhador da cidade, localizado à Rua Felipe Sabbag, 200 – 4º andar – Centro – também é ponto para a requisição do documento (funcionamento: segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h30). O cartão é emitido no Hospital e Maternidade São Lucas apenas nos atendimentos de urgência.

Para elaboração do cartão são necessários números do CPF e RG, além de informações pessoais, como nome completo da pessoa, nomes completos dos pais, grau de escolaridade, endereço completo entre outros.

A mudança tem como objetivo comparar o atendimento do setor privado com o SUS além de controlar informações do usuário sobre ações e serviços prestados.

Compartilhe