Eleições renovarão Câmara de Vereadores de Ribeirão

A partir de amanhã, 06 de julho, a eleição irá, definitivamente, ganhar as ruas, com o início do prazo eleitoral legal para as campanhas eleitorais de todas as cidades do Brasil para os candidatos que tiveram seus registros requeridos pelos partidos – os candidatos que não os tiveram ainda podem fazê-lo individualmente até a próxima terça-feira.

Câmara prestes a testemunhar a maior mudança da história

Desta forma, começam também as especulações sobre quem serão os vencedores do pleito, especialmente entre os vereadores, já que a Câmara Municipal de Ribeirão Pires terá, obrigatoriamente, uma das maiores renovações de sua história, com a presença de, no mínimo, dez novos membros na casa a partir de 1º de janeiro de 2013.

Na atual legislatura, temos 11 vereadores, número esse que será elevado a 17. Entretanto, dentre os atuais ocupantes, temos quatro que não irão tentar um novo mandato: Saulo Benevides (PMDB), pré-candidato a prefeito, Gerson Constantino (PSD), pré-candidato a vice, Koiti Takaki (PSD) e Vicentinho (PR). Desta forma, João Lessa (PSDB), Diva do Posto (PR), Banha (PDT), Zé Nelson (PSD), Arnaldo Sapateiro (PSB), Jorge da Autoescola (PR) e Antônio Muraki (PTB) formarão o hepteto que buscará a reeleição no dia 7 de outubro – ressaltando que, de acordo com as regras, para conseguir uma vaga sem depender da coligação, um candidato as eleições precisará receber cerca de 4000 votos.

Para o ex-vereador Sargento Adão (PR), que já esteve na Casa de Leis em outras legislaturas, esta renovação pode até ser mais intensa: “O povo está mais politizado e está aprendendo a separar o joio do trigo”, explica, ressaltando que isso também tem um outro lado: “Nem sempre a troca é feliz”, já que a falta de experiência de novos nomes pode ser prejudicial.

Mercedes D’Orto , uma das novas postulantes ao cargo pelo PV, afirma que esta é uma grande oportunidade para recomeçar e melhorar: “Os atuais vereadores são experientes, mas tem uma turma nova que virá cheia de novas ideias e pronta para fazer muito pela população”, explica a pré-candidata: “O povo espera por essa renovação. Esses 10 lugares representam a chance que a população tem de ter novos representantes”.

Gerson Constantino, atual presidente da Câmara, vê a renovação com bons olhos: “Toda renovação é bem-vinda e torço para que estas novas caras estejam preparadas e dêem sequência ao trabalho e as mudanças que foram feitas, com uma gestão de qualidade”. Ele ainda ressaltou que as obras para as novas instalações da Casa, já com capacidade para os seis vereadores a mais, serão entregues até o final do ano.

A atual legislatura foi alvo de muitas críticas, especialmente porque, em determinado momento, não contava com nenhum vereador de oposição, tendo sido apelidada jocosamente como “Câmara do Amém” por alguns munícipes e opositores. Para o ano que vem, certamente será um novo tempo, uma nova era para a política que, espera-se, seja de avanço e respeito ao cidadão e, principalmente, à cidade de Ribeirão Pires.

Compartilhe