Ele é tão bonzinho…!

Meu amigo de longa data, o vereador Banha, sempre foi um ferrenho defensor do vice prefeito Dedé. Quando eu me referia aos malfeitos do “reizinho” tais como processar criminalmente uma jornalista que só publicou a verdade sobre ele no caso do mensalão (devolução, num carnezão mensal, dos valores pagos a mais por Dedé a vereadores); quando tentou destruir a carreira política do Claudio do Luzo, que sendo católico fervoroso, foi taxado de macumbeiro pelo “azulzinho”; quando perseguiu implacavelmente o ex-vice prefeito e secretário da Saúde, Jorge Mitidiero, com o claro objetivo de tomar seu lugar como vice na chapa de reeleição de Volpi; ou quando exigiu aos brados que uma pré-candidata a vereadora demitisse seu assessor de imprensa alegando ser o mesmo seu desafeto, ameaçando inclusive negar-lhe a legenda para concorrer no grupo governista. Banha sempre tinha uma palavra de contraponto dizendo que Dedé era boa pessoa e que seria bom que eu abrisse um diálogo com o mesmo, o que sempre me recusei pelos motivos acima expostos e muitos outros.

Na sexta-feira, 06 de julho, a manchete do “azulzinho” fala da lista dos f]”fichas sujas” e expo o nome de Banha na capa e a foto do mesmo na matéria ao lado de Osvaldo Dias, de Mauá. O pior é que o “crime” de Banha foi ter as contas de 2003 rejeitadas quando era presidente da Câmara, o mesmo “crime” que Dedé cometeu em 2007 e 2008, que gerou o mensalão e que não se sabe por quais artifícios jurídicos conseguiu registar sua candidatura.

E agora Banha? Você ainda acha o Dedé bonzinho?

Gazeta

Compartilhe