Dedé tem 30 dias para devolver mais de R$ 300 mil aos cofres públicos

Nesta quarta-feira, o Diário Oficial do Estado confirmou a rejeição das contas da Câmara Municipal de Ribeirão Pires no exercício de 2008, quando a Casa era presidida por Edinaldo de Menezes, o Dedé da Folha, atual vice-prefeito da cidade.

A decisão poderá prejudicar a candidatura do “prefeiturável” em 2012

Ele foi condenado a devolver aos cofres públicos o valor de R$ 336.166,77, que ainda será acrescido das devidas correções. Dedé tem 30 dias para fazer o depósito. Caso não o faça, o prefeito deverá incluir os valores na dívida ativa do município.

Compartilhe