Dedé é o primeiro sabatinado pela ACIARP

O primeiro encontro entre candidato a prefeito e comerciantes, promovido pela ACIARP (Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Ribeirão Pires) realizado na última terça-feira, colocou o candidato governista Dedé da Folha (PPS) frente a frente com representantes do comércio da cidade. Em pouco mais de uma hora, Dedé expôs seu plano de governo respondeu as perguntas da Sabatina.

“Quero fazer história e ser o melhor prefeito que essa cidade já teve” – Dedé da Folha

O presidente da Associação, Gerardo Sauter destacou o objetivo do encontro e o interesse em apresentar os candidatos aos associados. “Nos preocupamos com o futuro da cidade e propomos escutar e analisar as propostas dos candidatos. A ACIARP prima pelo desenvolvimento econômico da cidade”.

O programa foi dividido em três partes. A primeira foi uma apresentação do plano de governo do candidato por 15 minutos. Depois abriu-se duas sequencias de  perguntas, uma delas enviadas antecipadamente ao candidato, formulada pelos diretores da ACIARP e associados e outras 10 feitas pela plateia.

Dedé, visivelmente nervoso, respondeu a todos os questionamentos e se saiu bem na maioria das respostas. Logo no início, disse que não adianta fazer promessa sem condição de cumprir e não perdeu a oportunidade de atacar os rivais do PT. “Até 2004 das sete cidades do ABC, cinco eram governadas pelo PT. Eles fizeram um acordo para não haver guerra fiscal e igualaram os municípios. Isso fez com que Ribeirão perdesse empresas e empregos”, disse. Depois o candidato disse que pretende apoiar a guerra fiscal para incentivar o desenvolvimento econômico.

O popular-socialista então expôs promessas interessantes como: monitoramento por câmeras nas entradas e nos bairros para melhorar a segurança e notebook e lousas eletrônicas para os alunos da rede publica de ensino.

Quando questionado sobre o Turismo, Dedé foi rápido em falar que não acabará com o Festival do Chocolate e que pretende investir nas outras festas tradicionais. Porém foi infeliz ao atacar o próprio governo com o seguinte comentário: “O hotel escola tem que deixar de ser um elefante branco”.

Sobre os licenciamentos ambientais Dedé ressaltou a existência da Lei Especifica da Billings e disse que vai buscar aplicação de uma Lei Específica da Bacia do Guaió e de Itaiaçupeba, que atendem Quarta Divisão e Ouro Fino respectivamente. No quesito Lei Cidade Limpa, o candidato disse ser contrário a uma revogação da lei e prometeu que dará incentivos aos comerciantes como isenção de taxa de publicidades e desconto no IPTU.

Um ponto em que as pospostas de Dedé chamaram atenção, em especial da ACIARP, foi quando o candidato disse que pretende reduzir a parceria com a Associação apenas à administração da Zona Azul, já que irá criar uma empresa pública de desenvolvimento que será responsável pelo Festival do Chocolate, Vila do Doce e outros eventos.

Por fim, Dedé disse que seu ideal é manter a continuidade do governo. “Não destruiremos o que já fizemos e vamos fazer ainda mais”, concluiu.

O próximo encontro será com o candidato do PSOL, Alberto Ticianelli, que ocorrerá no Teatro Municipal na próxima terça-feira às 19h.

Compartilhe