Cratera na avenida Santo André coloca em risco vida de moradores

Há cerca de 40 dias, a vida da senhora Terezinha Castellucci Ribeiro tem sido um grande transtorno, em especial nos dias de chuva, já que sua casa se transforma em um verdadeiro “rio” por culpa de uma cratera que está localizada na Avenida Santo André na altura da esquina com a Rua José Alvarez.

Residência vira um “rio” em dias de chuva

A habitante da Rua Alferes Botacin, uma senhora septuagenária que mora sozinha, relata o que está acontecendo: “Eu moro aqui há 17 anos e, do Carnaval para cá, a situação está insustentável. Há um buraco na Avenida Santo André que enche d’água quando chove e vaza no muro que fica nos fundos. A água vaza, passa por cima do telhado do fundo e atravessa o corredor por dentro da minha casa, desembocando na rua”.

De fato, em visita à residência, o cenário era assustador. A lama tomou conta do quintal e também da residência de Dona Teresinha, sendo que o corredor que liga o quintal à sala estava em situação pior. Ela ainda afirmou que técnicos da Defesa Civil estiveram na residência e afirmaram que há um vazamento a 12m de profundidade que está assoreando o solo. “Falei com a Defesa Civil, que disse ser necessária uma obra de uma empresa especializada para consertar esse cano que está incomodando a mim e aos meus vizinhos”, conta. De fato, se não existisse um sólido muro de pedra ao fundo da casa, a situação poderia já ter resultado em uma tragédia.

Via assessoria, a Prefeitura informou que está ciente do problema que aflige a moradora e seus vizinhos. “A Secretaria de Infraestrutura Urbana fará nova vistoria no local, para

averiguar a situação da galeria localizada nas mediações do referido endereço, que sofreu o efeito da erosão. Os serviços devem ser executados nos próximos dez dias”.

Compartilhe