Conselho aprova e Fundação ABC fornecerá médicos a Ribeirão Pires

Em reunião extraordinária realizada na última sexta-feira, o Conselho Municipal de Saude aprovou por unaminidade a parceria para a Saúde municipal entre a Prefeitura de Ribeirão Pires e a Fundação do ABC, que administra diversos equipamentos do setor no Estado de São Paulo.

Reunião do Conselho Municipal de Saúde foi na última sexta

A princípio, o contrato será por 90 dias podendo ser prorrogado por mais 90. Passado este período experimental, caso o serviço seja satisfatório, o contrato passaria a ser permanente. A previsão é que a negociação e seus detalhes sejam confirmados em até 30 dias.

Segundo o vereador Banha, “o convênio vai beneficiar os moradores da nossa cidade” e o contrato será “em regime de urgência, pois a Fundação vai complementar o serviço da saúde, com médico psiquiatra, clínico geral, pediatra, biomédico, técnico de enfermagem”. Ele ainda ressaltou que “a Fundação do ABC presta um excelente serviço no Hospital Mario Covas e outras cidades do Grande ABC”.

De imediato, em caráter emergencial por meio do acordo, serão contratados 22 médicos psiquiatras e pediatras, além de 8 enfermeiros e 25 técnicos de enfermagem, para atendimento na UPA Santa Luzia, Hospital e Maternidade São Lucas, saúde mental e Unidade Básica de Saúde. Posteriormente, a intenção é que a Prefeitura retome o Programa Saúde da Família (PSF).

“Para que o atendimento à população não seja prejudicado, e tendo em vista a demanda por profissionais como pediatras em caráter de urgência, decidimos firmar a parceria com a Fundação do ABC, que é uma organização respeitada em toda a região”, explicou o secretário de Saúde Koiti Takaki.

A Fundação, Organização Social de Saúde que existe desde 1967, além de gerir o Hospital Universitário de Santo André, hoje também gere o Hospital Municipal e o Infantil de São Caetano, os hospitais Nardini (Mauá) e Mário Covas (Santo André), além de outras instituições do estado.

 

Compartilhe