Coleta de esgoto causa problemas à ARIS

Mais uma vez, a coleta de esgoto em Ribeirão Pires é alvo de reclamações. Desta vez, a queixa vem da Associação Ribeirãopirense para a Integração Social (ARIS), importante entidade assistencial da cidade.

Há cerca de três anos, a Associação vem lutando para que a coleta de esgoto seja regularizada. Para isso, a Sabesp pediu para que fossem feitas obras para que fos

Entidade aguarda por conexão com a rede da Sabesp

se efetuada ligação com a rede da Avenida Francisco Monteiro, onde fica a sede, conforme carta enviada pela estatal. A obra foi concluída, porém não foi realizada a conexão. “A obra está pronta há muito tempo e estamos aguardando a conclusão da ligação”, afirma a colaboradora Maria Joselita Alves.

Em outubro de 2011, a Sabesp fez a vistoria e aprovou as obras realizadas. Entretanto, até agora nada. “Fomos várias vezes reclamar, mas chegaram a dizer que a ligação só seria feita em 2015”, conta Maria, antes de ressaltar: “precisamos de uma providência, temos sempre que gastar com profissionais para fazer manutenção em nossa rede de esgoto e são custos que prejudicam o atendimento”.

Sabesp – A Sabesp, em contato com a redação do Mais Notícias, informou que, de fato, a ligação é parte do “O Programa Mananciais, realizado em parceria com a prefeitura do município”, que tem como objetivo “melhorar a qualidade de vida da população com a urbanização das áreas que poderão então receber novas rede coletoras de esgoto que serão enviados para tratamento”. Exatamente por isso, a ligação não está nos planos imediatos pois, por ser parte do programa, “tem prazo pra conclusão até 2015”. Acompanharemos o caso.

Compartilhe