Cléo Meira se movimenta em busca de apoio ao Podemos

Do funcionalismo público a presidente do PTN (Partido Trabalhista Nacional) desde o quando o mesmo surgiu, em 2011 e primeira vereadora eleita por ele no Grande ABC. Com voz ativa até mesmo em Brasília, é o que se pode dizer de Cléo Meira. Desde a mudança de sigla do PTN para Podemos, a líder municipal do partido tem atuado em conjunto com sua presidente nacional, Renata Abreu, em busca de reconhecimento do partido.

Cleo Meira ao lado da Deputada Federal Renata Abreu

Em Ribeirão, Cléo tem buscado ampliar a quantidade de candidatos a cargos políticos e apoio. “Não recebo salário, faço isso por amor”, comenta. Além disso, a ex-vereadora tem ido a encontros e participado de sessões na Câmara dos Deputados com Renata Abreu e está em contato constante com o candidato à presidência da República pelo partido, o senador Álvaro Dias. “É sensação fantástica para mim. Vale a pena estar num projeto como este, ver o Podemos ser visto como ‘menina de 16 anos dos olhos azuis’”, afirma.

Sobre sua relação com Renata, ela diz: “É bom que ela me reconheça como agente político e que eu estava desde o início do partido. A maioria dos políticos usa as pessoas como copos descartáveis, diferentemente dela e do Álvaro.” Para Cléo, atuação da deputada à frente da sigla tem sido determinante para seu crescimento a nível nacional. “Ela é vendedora de sonhos que se realizam.”

Já sobre sua experiência no partido, Cléo deixa claro sua satisfação com o cargo, além de sua experiência ao lado da deputada. “Político tem que ter bagagem, não só visão de uma caixa de fósforos, tem que ir além.” Ela ainda ressalta a necessidade e a importância da mulher na política: “Acredito na mulher na política, porém, elas estão ausentes. Só existem três vereadoras no Grande ABC. Gostaria que percebessem o quão importante é sua participação, pois só assim vamos ter mais justiça e mais políticas públicas para mulheres.”

Compartilhe