CCZ: uma visão mais humanitária

Eliana Maciel de Góes

Médica Veterinária

CRMV 4.534

Após a promulgação da lei Estadual 12.916 em 2008 os Centros de Controle de Zoonoses do estado de São Paulo precisaram se adequar à nova realidade disponibilizando abrigo aos cães capturados nas vias públicas por tempo indeterminado até que sejam adotados por pessoas que irão exercer a guarda responsável com todos os direitos e deveres que tal ato acarreta.

Seja um voluntário e leve os animais para passear

Nesta adequação uma das mudanças ocorridas foi a construção de novos canis com solário para abrigo dos animais e destinação de um espaço para que possam correr livremente usufruindo da liberdade que eles merecem e necessitam, através de um sistema de revezamento.

Além deste espaço destinado aos passeios dos cães, alguns são conduzidos com coleira e guia pelos próprios funcionários. Isto muitas vezes se torna difícil em virtude das atividades inerentes ao controle de zoonoses como, por exemplo, pesquisa larvária visando o controle da Dengue, ações de anti e desratização no controle de roedores, ações de pesquisa do vírus da raiva em animais domésticos e morcegos no programa de controle da raiva , entre outros, que exigem a participação e dedicação dos funcionários do setor.

No CCZ há vários cães disponíveis para adoção: saudáveis, dóceis, castrados, vermifugados e vacinados, sendo que muitos estão no setor há bastante tempo, o que acaba por criar um vínculo afetivo com os funcionários.

Além do controle de zoonoses em prol da saúde pública, o CCZ está ciente da necessidade de desenvolver a guarda responsável dos animais abrigados no setor garantindo o bem estar da melhor maneira possível até que possam ser adotados e no novo lar possam receber o carinho e dedicação que merecem.

Há muitas pessoas que se solidarizam com o bem estar animal e que podem participar se inscrevendo como voluntários e auxiliando nos passeios com os cães abrigados no CCZ.

Informações fone: 4824-3748

Compartilhe