Casa do Hip Hop e Juventude comemora um ano de funcionamento

No ultimo domingo, a Casa do Hip Hop e Juventude de Ribeirão Pires, celebrou um ano de funcionamento, em evento que contou com a participação de aproximadamente 120 pessoas entre representantes e simpatizantes do movimento.

Evento contou com nomes importantes do movimento

Além dos adeptos da cidade, marcaram presença com contribuições artísticas os rappers Preto W.O, Mano Guá (Família Sabotage), Grupo Instinto de Rua, DJ Buiú da Clã Leste DJ’s,  Conexão Lado Leste, Robson Della Praga, Produto Clandestino, Di Mil Grau e o grupo Breaknomaníakos.

Além deles, Zulu King Nino Brown, um dos precursores do Hip Hop no Brasil e reconhecido em todo o planeta, tendo seu trabalho reconhecido inclusive pelo mais importante artista do estilo, Afrika Bambaataa, prestou homenagem ao mês da mulher e também exaltou as históricas conquistas do movimento que, em sua opinião, deve avançar sem perder a essência que o consagrou pelo mundo. Outro “forasteiro” foi o rapper e artista plástico Sagaz Bicho Solto, de Vitoria (ES), que gostou do que viu e pretende levar o projeto da Casa do Hip Hop ao seu estado. Para isso, voltará a Ribeirão Pires em abril junto com a Gerente de Igualdade Racial do seu estado.

A vice-prefeita e Secretaria de Educação Leo Moura e o Secretário de Politica Comunitária Gerson Goulart, o “Gelão”, prestigiaram o evento e ressaltaram que a Casa é “referência para a Juventude, propiciando-lhes atividades e conscientização”, além de garantir a continuidade e melhorias ao projeto que oferece cursos gratuitos de danças, artes, recreação e rap, entre outros. As inscrições estão abertas para os maiores de 12 anos. Mais informações pelo telefone 4825-5310.

Compartilhe