Carlos Rohm II usa verba da APM para construção de teatro arena

A Escola Municipal Engenheiro Carlos Rohm – Unidade II recebeu repasse de verbas da APM – Associação de Pais e Mestres – e está utilizando o recurso para promover melhorias na escola e no dia a dia dos alunos. Uma dessas ações é a construção do teatro arena, novidade para as crianças.

O espaço está sendo pintado, mas já foi construído e ladeado

O espaço está sendo pintado, mas já foi construído e ladeado. Com a verba da APM – repassada pela Secretaria de Educação e Inclusão, a escola também adquiriu um balcão térmico que será utilizado para servir a merenda, uma proteção para a escada, espelhos e tatame para a sala de dança que está sendo construída na escola, além de cortinas, livros, utensílios para a cozinha e brinquedos.

A diretora da escola, Gilce Lessa, explica como o repasse de 22.500 reais é utilizado. “Realizamos uma reunião entre a equipe da escola responsável pela definição de como a verba será gasta”, afirmou.

“É pensado para que tudo seja de utilidade das crianças, para um melhor convívio e aprendizado dentro da escola.”

Segundo a secretária de Educação e Inclusão, Rosi Ribeiro de Marco, a verba destinada as APMs faz parte do processo de gestão participativa.

“Trabalhamos junto com os professores e os pais, sempre buscando a qualidade de ensino na educação municipal. Percebemos a necessidade de proporcionar maior autonomia para as escolas e há quatro anos obtemos ótimos resultados”, completa Rosi.

A verba direcionada às APMs pode ser utilizada para melhorias na estrutura da escola ou para os alunos, de forma geral. Cada associação tem autonomia para decidir onde o recurso será aplicado. A Prefeitura destina estes recursos desde 2007.

Compartilhe