CARCINOMA DE CÉLULAS ESCAMOSAS “Um mal que abate os gatinhos de pêlos brancos”

Eliana Maciel de Góes

Médica Veterinária

CRMV 4534

Carcinoma de células escamosas (CCE) ou tumor do nariz dos gatos brancos é comum e acontece pela exposição excessiva à luz ultravioleta de áreas sem proteção por melanina ou pelo próprio pêlo. Os gatos de pelagem branca apresentam um risco dez vezes maior de desenvolver o CCE que os gatos de outras cores, afetando normalmente animais mais idosos com nariz rosa. Portanto, deve se tomar cuidado com a exposição destes animais ao sol nas horas mais quentes do dia, ou seja, no período entre 11 e 16 hs, pois a probabilidade do problema ocorrer aumenta.

Gatinhos brancos devem ter cuidado especial com o sol

Podemos observar em casos avançados animais com corrimento nasal, estertor, espirros e muita sensibilidade ao exame clínico.

O tratamento é cirúrgico sendo que as margens cirúrgicas devem ser encaminhadas para exame histopatológico para confirmar que as bordas não tenham nenhum comprometimento. A quimioterapia intralesional pode causar a remissão de pequenos tumores.

Como profilaxia, devemos utilizar filtros solares, de proteção máxima, usado para bebês. Fazer um manejo em relação à exposição do animal ao sol é fundamental, pois os gatos, principalmente os idosos, tem o hábito de dormir deitados ao sol, durante muito tempo. Sendo assim dificulte o acesso do gato ao ar livre ou mesmo as janelas em horários mais quentes.

O prognóstico no caso do CCE é bom, quando a doença está no início: e reservado quando as extensões das lesões forem maiores e em carcinomas invasivos.

Compartilhe