Câmara aprova venda de terrenos da Prefeitura

Na tarde desta sexta-feira, 06, em sessão extraordinária da Câmara Municipal de Ribeirão Pires, os vereadores se reuniram para decidir o futuro de alguns terrenos de propriedade da Prefeitura. Em votação aberta, o Projeto de Lei Substitutivo 042/2013 foi aprovado por 12 votos a três.

“Meu voto é favorável, porque eu estou acreditando na palavra do P

Projeto foi aprovado por 12 votos a três

refeito, de que os terrenos em Áreas de Prevenção Permanente não poderão receber edificações. Agora cabe a nós vereadores fiscalizarmos quem vai comprar esses terrenos, a gente não pode simplesmente votar e deixar de acompanhar”,disse o vereador Gabriel Eid Roncon (PR), cuja  justificativa foi seguida por boa parte dos vereadores que aprovaram o projeto.

Dentre as vozes contrárias, se destacou a de Renato Foresto (PT), que criticou a ausência dos parlamentares Hercules Giarola (PR) e Anderson Benevides (PMN): “ Se esse projeto é de suma importância para o prefeito, eu sei que devemos dar um voto de confiança para ele, mas eu voto contrario porque o líder do governo não está, nem o sobrinho do prefeito que ontem estava visitando os terrenos. Então se é de suma importância esse projeto eu acho no mínimo eles deveriam estar aqui, por isso eu voto ao contrario”.

Os 17 terrenos, que estão localizados no Jardim Dois Melros, Ouro Fino, Jardim Panorama, Jardim Nossa Senhora de Fátima, Parque Aliança, Vila Aurora, Estância Noblesse, entre outros bairros da cidade, irão a venda por meio de licitação (concorrência pública) em breve, com valores que variam entre 5 mil a 500 mil reais.

Compartilhe