Câmara aprova tolerância de 15 minutos para a Zona Azul

Antigo pleito dos motoristas de Ribeirão Pires, a tolerância para o sistema de estacionamento rotativo a Zona Azul a partir de agora está devidamente regulamentada após a aprovação de projeto de lei específico na sessão de ontem da Câmara de Ribeirão Pires.

Motoristas terão mais tempo para adquirir seus bilhetes e evitar autuações

Informalmente, os agentes do serviço já davam prazo parecido aos motoristas que estacionam no Centro. A fiscalização, feita pelos garotos, passa pelos carros, anota as placas dos que não têm o cartão e apenas na segunda passagem é feita a autuação. Entretanto, não havia um prazo definido para isso. Agora, com a aprovação do Projeto de Lei 028/13 de autoria da Vereadora Cleo Meira (PTN), que alterou o Convênio de Cooperação Técnica entre a Prefeitura e a Aciarp, fica estabelecido o período de 15 minutos para que os motoristas possam regulamentar os seus veículos.

Desta forma, as mais diversas situações nas quais a tolerância deve ser estabelecida, como não encontrar cartões à venda nos comércios ou com os funcionários da Zona Azul ganham amparo legal, evitando assim transtornos e prejuízos aos motoristas.

“Hoje quem para seu carro na Zona Azul não conta com um tempo para sair do seu veículo e ir pegar o seu cartão para garantir a vaga. Muitas vezes quando o proprietário volta com o cartão já encontra a notificação, que se não for regularizada em 24h com a compra do talão gera uma multa e pontos na carteira”, explicou a vereadora Cléo Meira.

Compartilhe