Buraco profundo coloca vida de moradores em risco

Mato alto e buracos, infelizmente, têm feito parte da rotina dos habitantes de Ribeirão Pires. Entretanto, alguns são piores do que outros. Um desses exemplos está na Rua Major Cardim, no Jardim Maristela, que assusta pelo tamanho e o risco de acidentes que pode causar.

A vala foi aberta o ano passado

Em visita ao local, a reportagem do Jornal Mais Notícias constatou que ele tem cerca de um metro de profundidade e que o solo que dava sustentação ao piso cedeu e, com isso, os paralelepípedos foram para o fundo. Isso, somado ao fato de que a calçada local está com mato alto e praticamente intransitável, gera ingredientes perfeitos para graves acidentes.

“Isso aqui está uma vergonha. Outro dia, uma moça com um bebê de colo quase caiu neste buraco”, afirmou Iolanda Gobbato, moradora da região. Segundo ela, já foram vários contatos com a Sabesp, mas sempre sem sucesso. “Do jeito que está, o risco de um acidente sério é grande”, completa a indignada moradora que ainda reclamou da falta de manutenção das vias da região, que estão com mato alto e lixo pelas calçadas: “já faz um mês que o novo prefeito assumiu e tudo está assim. Será que nada será feito?”

Prefeitura – A prefeitura de Ribeirão Pires afirmou que o fechamento da vala é, de fato, responsabilidade da Sabesp. Entretanto, tomou ciência do caso e irá enveredar esforços junto a empresa para que o problema seja resolvido o mais rápido possível.

Sabesp – Entramos em contato com a Sabesp que, no entanto, não respondeu até o fechamento desta edição.

Compartilhe