Atleta conquista vice-campeonato no Mundial de Jiu-Jitsu

O atleta Marcos Spolora Leite, 42 anos, participou do Campeonato Mundial de Jiu-Jitsu, que aconteceu no Ibirapuera, em São Paulo, nos últimos dias 14,15,16 e 17, e conquistou o terceiro lugar na categoria Absoluto – Faixa Preta, além de sagrar-se vice-campeão na categoria Super Pesado – Faixa Preta.  A competição contou, ao todo, com cinco mil lutadores.

Professor Rodnei, Diego, Marcos, sensei Sadao e André (Baca)

Apesar de ser de Ribeirão Pires, ele disputou o Mundial por São Bernardo do Campo. Ele lamenta a falta de apoio da cidade aos lutadores de Jiu-Jitsu. “A Secretaria de Esportes não dá apoio aos atletas de luta. Procurei a SEJEL (Secretaria de Juventude, Esporte, Lazer, Cultura e Turismo), mas nunca tive retorno. É uma pena que eles não apóiem, porque Ribeirão Pires tem excelentes atletas e os melhores lutam por outras cidades, como Santo André, Mauá e São Bernardo”, fala Marcos, que completa agradecendo à todos que estiveram com ele tornando possíveis as conquistas. “Agradeço aos professores faixa-preta da Kihon Jiu-Jitsu (academia em São Bernardo do qual Marcos faz parte) Rodnei, Diego, Alexandre, Bispo, Baca e, em especial, ao técnico sensei Sadao. Agradeço ainda ao Ribeirão Pires Futebol Clube (onde ele também treina) e aos professores Wellington, Danilo, Zé Roberto, Hiody, e especialmente ao professor Marcos Húngaro, o Buba, além dos meus patrocinadores Gabriel, do Auto Posto Mata Virgem e Dudu, da Motos.com”.

Para disputar a competição, Marcos dedicou-se a treinos diários, com duração de duas horas. Agora, descansará um pouco para depois voltar à rotina dos treinos para enfrentar as próximas competições.

Compartilhe