Após construção de muro de arrimo, Rua São Tomé fica com asfalto danificado

Quem reside na Rua São Tomé, no Morro do Embaixador, em Ribeirão Pires, tem passado por situações difíceis. Uma foi o rompimento da rua com as fortes chuvas de verão em 2010. Após os estragos causados pelas tempestades, um muro de arrimo foi construído no local, porém, em fevereiro deste ano, o mesmo desabou, deixando dez casas interditadas pela Defesa Civil. Resolvido esse problema, um outro permaneceu: para fazer a obra, o asfalto precisou ser quebrado, mas concluído o serviço do muro, a rua foi deixada em estado crítico.

Sem asfalto, rua ficou repleta de pedregulhos

“A rua está cheia de pedregulhos, as crianças que brincam aqui podem se machucar. Além disso, sofremos com a lama que fica quando chove e com a poeira quando o tempo está seco. Simplesmente esqueceram de arrumar”, reclama  João Batista de Souza Paula, 42 anos. Ele faz um alerta: “Se não arrumarem a rua, quando chover pode acontecer infiltração no solo e o problema que tivemos no ano passado pode acontecer novamente”.

Procurada para esclarecer a questão, a Prefeitura não retornou até o fechamento desta edição.

Compartilhe