Animais e crianças: os dois são importantes

Crianças e animais são seres vivos, inocentes, desprovidos de maldade, só querem atenção e carinho por parte de seus cuidadores;

Ambos sentem fome, sede, frio, calor, medo, tristeza, alegria e dependem das pessoas de seu convívio para suprir essas necessidades básicas;

Os dois perdoam nosso mau humor e impaciência, sendo capazes de transformar a vida de pessoas, contribuindo para a saúde física e mental  em diferentes contextos, nos quais os vínculos emocionais entre “filhotes” de espécies distintas e o fluxo comunicacional suscitam benefícios para todos.

A participação ativa de grupos de pessoas em prol de animais é necessária porque eles precisam de nossa voz em sua defesa, mas é claro que igualmente importantes são os movimentos em prol das crianças, de qualquer etnia, especiais ou mais que especiais, porque estas serão os adultos de amanhã e, ao crescer deixando para traz a inocência (porém não princípios básicos como honestidade e caráter),  que tenham consciência da importância da guarda responsável para que não se transformem em adultos que abandonam seus animais por qualquer motivo fútil, sem se importar com os sentimentos que eles certamente tem por quem os abandonou.

Lembrando que as crianças se identificam prontamente com os animais, sendo fácil ensinar uma criança a sentir empatia por um animal pela facilidade de comunicação expressa em linguagem corporal.

Ressalto que ações extremas, que beiram a marginalidade, não devem se cometidas. No entanto, não podemos nos omitir quando há situações de maus tratos envolvendo animais (e óbvio, crianças) enterrando nossa cabeças, como avestruzes, para não enxergar o que não estamos querendo ver.

Portanto, crianças e animais são igualmente importantes porque nos dão amor verdadeiro e amor verdadeiro não tem preço.

Cão para adoção

Zefinha

Cadela castrada, vacinada e dócil procura um dono

Compartilhe