Além do Mais…

Só falta ela…
E não é que vai ter mais um “encontrão” da chapa governista? Segundo informações, todos os pré-candidatos a vereador da situação terão uma nova “palestra” com o prefeito Clóvis Volpi e o pré-candidato a prefeito Dedé em uma conhecida casa de bolos da cidade. Dizem que todos das legendas pré-acertadas vão estar por lá. Menos a Luiza, que está no Canadá…

Quer pagar quanto?
Políticos da Oposição estão comentando que, ao apagar das luzes, o prefeito Volpi, que não raro se vangloria de pagar todas as dívidas, irá deixar uma dívida das mais “gordinhas” para seu sucessor. Como uma reedição do Projeto Cura, ele deixará 240 “suaves” prestações para seus sucessores pagarem. Eleitoreiro ou não, os próximos cinco mandatos terão que se virar com o débito.

Ouro negro
Em uma conta simples, o empréstimo de R$ 6 milhões que hoje chegam a cidade terão que ser pagos em 20 primaveras a juros de 6% ao ano. Como todo bom banco que se preze trabalha com juros compostos, ao final do período, salvo eventuais atrasos ou descontos, a cidade terá que arcar com um valor próximo a R$ 20 milhões, quase R$ 1 milhão para cada uma das 21 ruas que serão asfaltadas.

Antevisão do fato
A chegada do McDonald’s foi até destaque em um outro jornal, mas nos damos ao direito de lembrar que o caro leitor do Mais Notícias ficou sabendo da novidade há quase quatro meses, em 29 de setembro, quando antecipamos inclusive o local onde será erguido o novo empreendimento. Independente disso, mais uma vez fica claro: o nosso leitor é o mais informado da região.

Fé na vida, fé no homem…
As fortes chuvas desta semana acenderam o sinal de alerta em relação ao Morro São José, no Jardim Mirante, que tem um “ajuste técnico emergencial” composto por blocos de concreto para tentar minimizar os riscos de desabamento há meses. Como ninguém acredita que a terra irá respeitar as tais barreiras, resta confiar no santo que, segundo um transeunte, está “segurando o morro de braços abertos”.

Fim da linha
Usuários do principal meio de transporte da cidade já constataram, mas agora veio a confirmação oficial: quem quiser ir de Ribeirão Pires para a estação da Barra Funda, por exemplo, tem que fazer um verdadeiro malabarismo, viajando até o Brás, fazendo uma baldeação e seguindo em trem super-lotado rumo a Luz, antes de fazer outra para o destino. A piada é que “Tucanaram a CPTM”…

Compartilhe