Além do Mais…

Aparecendo por todos os lados

Eles estão em todos os lugares. Com uma frequência que costumeiramente não se vê, os possíveis candidatos ao Paço de Ribeirão Pires vão à eventos, bairros, comparecem à qualquer movimentação, como se isso só fosse válido quando o período eleitoral se aproxima. Mas não é só ao vivo que a população os verá constantemente daqui pra frente, mas também em revistas, no maior estilo celebridade. Daqui até as eleições de 2012, eles estarão por todos os lados.

Não tem jeito

Quando o projeto é para o bem geral da população, todos votam favoráveis à ele, até mesmo a oposição. Foi o que aconteceu na última sexta-feira (08), durante votação da compatibilização do Plano Diretor de Ribeirão Pires com a Lei Específica da Billings, que contou com a presença do prefeito Clóvis Volpi (PV). O vereador Saulo Benevides (PV) não se opôs ao documento, mas nem por isso ficou para ouvir as considerações do Chefe do Executivo sobre a importância da aprovação do texto. No início do discurso, Saulo deixou o plenário, sem fazer questão de sair à francesa. A volta às boas entre esses dois parece que não tem mais jeito mesmo.

Debandada

O PT de Rio Grande da Serra está passando por um momento de fragilidade. No início do mês, duas pessoas da executiva municipal ligadas ao candidato a prefeito em 2008, Carlos Augusto César, o Cafu, renunciaram aos seus cargos. Dias depois, o ex-prefeito Ramon Velásquez confirmou que mantém conversas avançadas com o PCdoB nacional e estuda abandonar a legenda. E passados mais alguns dias, outro anúncio: O vereador Cleson Alves de Souza disse que deve deixar a sigla até setembro.

Fila andando

E Cleson já conta com várias opções de escolha. Recebeu convites de PTB, PV e PPS (todos do grupo de sustentação ao atual prefeito Kiko/PSDB) e sondagem do PMDB. Nos bastidores, circula informação de que o PV é o favorito. “Vou esperar o momento oportuno para declarar alguma coisa. Onde tiver mais chance de reeleição, eu vou”, disse o vereador. Enquanto não se decide, a fila vai andando…

Mais do que otimismo

Mesmo com a saída de vários integrantes do grupo, o presidente do PT em Rio Grande da Serra, Benedito Araújo, afirma que o partido vive bom momento. “Estamos muito bem na cidade. Fazendo as discussões políticas necessárias”, ressaltou. Em Ribeirão Pires, o racha no PT rendeu frutos amargos na última eleição. Além de otimismo, o diretório riograndense vai ter que trabalhar muito para fortalecer a sigla e ter a bonança após a tormenta.

Mais qualidade e não quantidade

Os moradores de Jaraguá do Sul, cidade de Santa Catarina, fizeram uma ação que deve servir de exemplo: usaram outdoors para expor que não querem que a Câmara aumente o número de vereadores de 11 para 19 e cobram melhorias na saúde, educação e infraestrutura da cidade. Os vereadores se reuniram e desistiram do projeto.

Muito boa iniciativa, afinal, o que a população precisa da classe política não é de quantidade de gente, e sim de qualidade dos que foram eleitos, para que os serviços também sejam de qualidade.

 

Compartilhe