Além do Mais – 21/11/2013

Viaje al extranjero

Feriado prolongado e calor combinam com viagem, não é mesmo? Nesse clima, alguns vereadores resolveram dar uma “esticadinha” para um dos maiores centros de compras da América Latina, Ciudad Del Este, no Paraguai. A excursão teve até mesmo seus melhores momentos devidamente compartilhados em uma conhecida rede social com direito até mesmo a pose em mototáxi. A “viaje al extranjero” certamente vai fazer o natal de muita gente mais feliz…

À moda Muricy

Enquanto uns viajaram, outros trabalharam. Preocupados com o planejamento para as eleições do ano que vem, os novos presidentes municipais dos diretórios do PT do Grande ABC se reuniram em Mauá com o presidente da Macro, Claudinho da Geladeira, para iniciar os trabalhos visando 2014. A ideia é aproveitar que o partido detém cinco das sete prefeituras da região sob sua alçada de apoios nacionais para “turbinar” a campanha à reeleição de Dilma Rousseff. Como diria Muricy Ramalho: “aqui é trabalho, meu filho!”

Crise de identidade

Ao ler a nota anterior alguém pode lembrar que São Caetano e Ribeirão Pires são governados pelo PMDB. Entretanto, este é o partido de Michel Temer, vice-presidente da república, que repetirá a dobradinha com Dilma. Por outro lado, a legenda, em São Paulo, apoia a reeleição de Geraldo Alckmin (PSDB) que terá como rival o petista Alexandre Padilha. Ou seja: no ano que vem pode acontecer um fato inusitado: Saulo Benevides e Paulo Pinheiro subirem nos palanques petista e tucano no mesmo dia. Espera-se apenas que não troquem as bolas na hora de falar o candidato…

Espaço vazio

Em Mauá, a Avenida Papa João XXIII está prestes a se tornar a “via dos automóveis”, já que a Vigorito, concessionária Chevrolet, está mudando para o local com seu novo empreendimento, a Vigo, que venderá carros da Volkswagen, se juntando a Fiat e a Ford, que já contam com pontos de venda no local. Enquanto isso, em Ribeirão Pires, o destino da antiga concessionária Ripivel segue incerto. Ou ao menos seguia. Já se falou que uma grande construtora estaria olhando para o local com carinho especial a fim de construir um complexo de prédios residenciais (ou um shopping) e também que seria um bolsão de estacionamento para suprir a crônica falta de vagas na cidade. Fato é que a nobre área já está há quase duas décadas parada. E sem previsão de uso.

Sem meias palavras

A conhecida rispidez do vereador Adriano (PMDB) atravessou as fronteiras da cidade e chegou até Rio Grande da Serra. Na sessão da semana passada, o edil afirmou que um vereador da cidade vizinha vinha à cidade “buscar meia dúzia de cestas básicas” e, indignados, alguns até mesmo cogitaram processá-lo via Ministério Público. Contudo, o vereador Merisvaldo Lima (PSDB) admitiu ao Tribuna Acontece que era ele o dito cujo, ressaltando que comprava “para uso próprio” as cestas de alguns GCM (o que pode gerar até mesmo demissão por justa causa aos guardas). Ao final, garantiu que iria resolver o caso com o colega ribeirãopirense: “esse demônio não pode sair por aí falando besteira!”, disse, sem meias-palavras.

Compartilhe